Visitantes de unidades prisionais de Guarulhos são flagradas com entorpecentes

0
132

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no último final de semana (27 e 28 de abril), visitantes foram impedidas de entrar no Centro de Detenção Provisória I “ASP Giovani Martins Ribeiro” e na Penitenciária II “Desembargador Adriano Marrey”, de Guarulhos, unidades administradas pela Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro), pois estavam com ilícitos.

 

No CDP Guarulhos I, as mulheres levavam entorpecente característico à maconha escondido na alça de bolsa e dentro de cigarros (cinco maços).

 

Também em Guarulhos, na Penitenciária II “Desembargador Adriano Marrey”, durante revista realizada pelos agentes de segurança da unidade a partir do aparelho scanner corporal, foi encontrado um invólucro contendo ilícito análogo à cocaína no corpo de uma visitante. As imagens do aparelho de revista mecânica indicaram anormalidade e a companheira de um preso foi questionada, retirando, em local apropriado, o pacote escondido em sua genitália.

 

Deve-se observar que visitas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente suspensas do rol de visita.