Triplicação de reservatório aumentará segurança no abastecimento de água no Pimentas

0
76

 

A construção de dois grandes reservatórios no Jardim Centenário, obra de R$ 28 milhões já em andamento, irá garantir que a disponibilidade de água triplique na região do Pimentas até o segundo semestre de 2023. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), responsável pela execução, prevê que cerca de 200 mil pessoas sejam beneficiadas naquela área e nas adjacências.

 

 

O reservatório atual do Centenário possui capacidade para 5 milhões de litros de água. Serão erguidos outros dois com a mesma capacidade; portanto, 15 milhões de litros no total. A região do Pimentas já não tem mais rodízio de água desde o final de dezembro de 2019, menos de um ano após a Prefeitura firmar parceria com a companhia estadual. Desta forma, os novos reservatórios servirão para garantir uma maior segurança hídrica no caso de vazamentos de água ou falta de energia elétrica, que prejudica o abastecimento por impedir que as casas de bombas, que fazem a distribuição da água, funcionem.

 

As obras dos dois reservatórios implicam ainda a construção de 2,27 km de adutoras, que levarão a água até as residências, sem as quais não seria possível aproveitar o potencial dos 10 milhões de litros a mais disponíveis. Outras obras complementares aos novos reservatórios, essas já prontas, são a estação de bombeamento de água do Pimentas e as estações elevatórias Ermelino Matarazzo e Cidade Industrial-Bonsucesso. Esse complexo permite que a água seja levada a casas que ficam em pontos mais altos do que o reservatório em si e que, portanto, não podem ser abastecidas com a força da gravidade.

 

Os bairros beneficiados com os novos reservatórios serão Parque Jurema, Parque Stella, Jardim Angélica, Conjunto Marcos Freire, Parque das Nações, Jardim Silvestre, Jardim Nova Cidade, Parque São Miguel, Vila Paraíso, Parque Industrial Cumbica, Vila Izabel, Jardim Leblon, Jardim Centenário, Jardim Guilhermino, Jardim Santo Afonso, Água Chata, Jardim das Nações, Jardim Albertina e Vila Any.

 

Investimentos

 

O contrato da Prefeitura de Guarulhos com a Sabesp por um período de 40 anos prevê investimentos de cerca de R$ 4,5 bilhões, entre obras de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto. Este último, que estava em 2% quando a atual administração municipal assumiu, em janeiro de 2017, deverá ultrapassar os 40% já em 2023.