Terça-feira é marcada por encontros sobre literatura infantil e ilustração na Bienal

0
174

 

A tarde desta terça-feira, dia 4, foi marcada por mais uma série de encontros com escritores e ilustradores na Bienal do Livro de Guarulhos. O evento, que vai até o próximo domingo, dia 9, oferece ao público uma programação repleta de atividades literárias, com palestras, contações de histórias, teatro, música, entre outras ações.

 

O autor e ilustrador, Sérgio Merli

 

A escritora e ilustradora Nireuda Longobardi recebeu visitantes da Bienal interessados em artes gráficas e xilogravura no início da tarde desta terça-feira. Com um bate-papo sobre algumas das principais técnicas que utiliza em suas publicações, ela mostrou como foi o processo de criação de alguns de seus trabalhos, técnicas diversificadas e versou sobre o processo de confecção do livro, desde o rascunho e definição de cores à pintura com lápis de cor ou nanquim. Durante a Bienal do Livro, Nireuda aproveitou para lançar “A semente de pera mágica”, obra em cordel adaptada de um conto oriental de origem chinesa.

 

Merli, o ilustrador

 

O autor e ilustrador de livros infanto-juvenis, Sérgio Merli, lançou no evento seus dois últimos livros publicados:“O grande espetáculo”e “Vovô Valentim”, ambos pela Editora Suinara.

 

“Vovô Valentim”, é baseado em histórias reais, como a Segunda Guerra Mundial e a imigração italiana para o Brasil, abordando os temas: coragem, respeito e superação para realização dos sonhos. Já na obra “O grande espetáculo”, o leitor interage diretamente com a história, completando os textos a partir das ilustrações.

 

Durante a conversa com os visitantes da Bienal, Merli interagiu com o público por meio de ilustrações e perguntas de forma bem divertida, inclusive com os pais que acompanhavam seus filhos. Durante a apresentação, crianças de todas as idades se divertiram com as ilustrações de diversos clássicos das histórias infantis, tais como, personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, entre outros, além de sessão de autógrafos com autor.

 

Patrícia Cunha e Luana Cardim

 

“Raimundo e todo o gelo do mundo” é o título do livro da escritora Patrícia Cunha, obra inspirada em seu pai, Raimundo, e que fala sobre sentimentos e o quanto faz bem mostrar nossas emoções. No acalorado bate-papo com adultos e crianças pra lá de espertas, no início da noite desta terça-feira, Patrícia tratou do processo de criação de suas obras, cada uma delas com ligeiras pitadas de carinho e boas doses de bom humor.

 

A escritora e ilustradora Nireuda Longobardi

 

Não foi diferente com “Um jardim assim que eu quero pra mim”, escrito por Patrícia e Luana Cardim, uma jovem escritora de apenas 16 anos, apaixonada por livros e pelas palavras que eles contêm. Juntas, elas adotaram uma metodologia para saber das pessoas, crianças e adultos, como seriam seus jardins, o que haveria de interessante neles. As respostas, as mais variadas possíveis, foram registradas em vídeo, e exibido durante a Bienal do Livro, cada depoimento mais encantador que o outro.

 

Dos depoimentos, as autoras chegaram ao cenário e às personagens dessa sensível história, repletas de flores, árvores, borboletas, corujas, joaninhas, caracóis, besouros e muitos outros.