Setembro Azul mobilizou escolas-polo bilíngues da Prefeitura

0
103

 

Com o objetivo de proporcionar visibilidade à comunidade surda, além de conscientizar sobre a importância da acessibilidade e comemorar as lutas e conquistas da pessoa surda, ao longo do último mês os alunos surdos das escolas-polo bilíngues da rede municipal comemoraram o Setembro Azul com uma série de ações ligadas ao Mês do Surdo.

 

 

 

Cerca de 60 alunos das turmas de educação infantil e ensino fundamental das escolas-polo da rede municipal Crispiniano Soares, no Jardim Bom Clima, Anísio Teixeira, no Pimentas, e Professor Edson Nunes Malecka, no Jardim Ponte Alta, participaram de atividades como roda de conversa envolvendo o tema Setembro Azul a partir de depoimentos de vida de surdos adultos, brincadeiras e vivências com colegas ouvintes da escola, em uma perspectiva de trocas culturais e linguísticas, intercâmbio cultural com crianças e adultos surdos de outras escolas reunidos em um evento virtual estadual tradicionalmente ocorrido no mês de setembro. Os alunos também fizeram um passeio ao parque Neo Geo, do Internacional Shopping de Guarulhos.

 

Além disso, professores e alunos participaram do 22° Encontro Comemorativo ao Dia do Surdo, promovido pelo Centro de Educação para Surdos Rio Branco. Foram quase duas horas de pura imersão cultural e linguística, com muitas trocas de conhecimentos e tudo na Língua Brasileira de Sinais (Libras): contação de histórias, encenações, poesia, relatos de experiências, apresentação de palhaços e mágico, apresentação inédita de pesquisas envolvendo estudos de oito línguas de sinais indígenas, relatos de surdos empreendedores, alerta para demandas da comunidade e a celebração das conquistas até então.

 

Para encerrar as atividades do Setembro Azul, na última quinta-feira (30) a EPG Crispiniano Soares promoveu um dia repleto de atividades para os alunos surdos que inauguraram a piscina do CEU Continental, fizeram um tour pelo espaço, piquenique e ainda participaram de uma contação de história em Libras, feita pela coordenadora do CEU Continental, Monaliza Galucci Basto.

 

A aluna surda do 5º ano, Jhulya Lima dos Santos, contou como foi a experiência de passar o dia no CEU. “Eu pude encontrar os amigos da tarde e fomos à piscina. Foi muito legal. Eu ajudei a cuidar dos alunos surdos menores e aprendi que a natação é um esporte e faz bem à saúde. Ter saúde é importante, assim como se alimentar bem e beber água”, destacou.

 

Setembro Azul

 

O mês de setembro reflete a história de lutas e conquistas da comunidade surda. É voltado para a conscientização sobre a acessibilidade e a comemoração das conquistas obtidas ao longo dos anos. É um momento importante para que a sociedade brasileira reflita sobre a importância do respeito à comunidade surda, sua língua e cultura, compreendendo-os como cidadãos de direitos.

 

Escolas-polo

 

Atualmente a Prefeitura de Guarulhos conta com o atendimento para alunos surdos oferecido nas três escolas-polo da rede municipal já citadas. Todas as salas possuem professores bilíngues especializados, além de recursos multimídia para o desenvolvimento de práticas pedagógicas voltadas aos alunos surdos.

 

Nessas turmas, os conteúdos curriculares são trabalhados de forma interdisciplinar e abordados por meio da Língua Brasileira de Sinais, considerada a primeira língua e língua de instrução. O português, na modalidade escrita, é trabalhado como segunda língua.

 

Para mais informações e vagas ligue para 2475-7503.