Sete mortes por vírus H1N1 em Guarulhos

0
1062

 

Guarulhos registrou neste ano de 2016, sete morte dos quinze casos registrados no município por decorrência do vírus influenza A – H1N1. Número que espanta, visto que a cidade fechou o ano de 2015 sem sequer um registro do vírus. Os dados são da Secretaria de Saúde.

 

h1n1-guarulhos

 

Quem pode tomar a vacina no SUS?

 

Na rede pública de saúde, apenas os grupos de risco têm direito a receber a vacina. Na primeira fase da vacinação, a partir do dia 11 de abril, serão imunizados gratuitamente nos postos crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos, gestantes e idosos. A partir do dia 30 de abril, a doentes crônicos, puérperas, indígenas e funcionários e população carcerária.

 

Qual é a diferença da gripe comum para a H1N1?

 

De acordo com o Ministério da Saúde, neste ano, até 12 de março, houve 188 registros e 30 mortes relacionadas à doença no país. No ano passado inteiro, o Brasil confirmou 141 casos de H1N1 e 36 óbitos.

 

A influenza é comumente conhecida como gripe. Trata-se de uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna e autolimitada. Frequentemente é caracterizada por início abrupto de sintomas como febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, mialgia e anorexia, assim como sintomas respiratórios com tosse seca, dor de garganta e coriza. A infecção geralmente dura 1 semana e com os sintomas sistêmicos persistindo por alguns dias, sendo a febre o mais importante.

 

Existem três tipos de vírus influenza: A, B e C. O vírus influenza C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. Já os vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais. O vírus influenza A é responsável pelas grandes pandemias, entre eles encontramos os subtipos H1N1 e H3N2 circulam atualmente em humanos. Alguns vírus influenza A de origem aviária também podem infectar humanos causando doença grave, como no caso do A (H7N9).

 

A nova influenza A (H1N1), mais conhecida como gripe suína, que se propagou na primavera de 2009, é uma gripe sem precedentes e provocada por um novo tipo de vírus, ou seja a população não tem nenhuma imunidade contra ela.

 

Quais são os sintomas do H1N1

 

Os sintomas do H1N1 são similares aos sintomas da influenza humana comum (gripe comum). Eles incluem febre, tosse, garganta inflamada, dores no corpo, dor de cabeça, calafrios e fadiga. Algumas pessoas relatam diarreia e vômitos associados à enfermidade. Já foram relatadas formas graves da doença com pneumonia e falência respiratória, além de mortes. A gripe suína pode causar também uma piora de doenças crônicas já existentes.

 

Transmissão

 

Acredita-se o H1N1 possa ser transmitido da mesma maneira pela qual se transmite a gripe comum. Os vírus da influenza se disseminam de pessoa para pessoa especialmente através de tosse ou espirros das pessoas infectadas. Algumas vezes, as pessoas podem se infectar tocando objetos que estão contaminados com os vírus da influenza e depois tocando sua boca ou seu nariz.

 

Fonte: Click Guarulhos