Saúde Agora inicia maio com a abertura de três UBS neste sábado

0
139

 

O Programa Saúde Agora inicia o cronograma de atividades deste mês com a abertura de três Unidades Básicas de Saúde neste sábado (11), das 8 às 16 horas: UBS Primavera, UBS Fortaleza e UBS Jandaia. No último sábado (4), por conta da realização do Dia D de Mobilização Nacional da Campanha de Vacinação contra a Gripe, todas as unidades funcionaram exclusivamente para esse fim.

 

 

Por isso, neste primeiro sábado do mês, além de intensificar a imunização contra a gripe, as três UBS vão realizar consultas médicas, exames de prevenção ao câncer do colo de útero (papanicolau) e testes rápidos para a detecção do HIV, sífilis e hepatites B e C, bem como atualizarão a carteirinha de vacinação com as demais doses do calendário.

 

Ações de promoção à saúde

 

Por conta do avanço da dengue na cidade, com a confirmação de 1.274 casos da doença de janeiro até agora, as unidades também intensificarão as ações de combate ao mosquito transmissor, o Aedes aegypti com várias atividades programadas para a população.

 

Ainda, dentro das ações de promoção à saúde, a UBS Fortaleza desenvolverá uma programação especial voltada para a prevenção dos acidentes de trânsito pelo Maio Amarelo do Movimenta Saúde que este ano tem como tema: “No Trânsito o sentido é a Vida”.

 

Já a UBS Primavera ministrará palestras sobre dengue, tuberculose e ainda contará com o apoio de três profissionais que fazem residência multiprofissional na rede municipal de Saúde. Junto com a equipe da unidade, eles vão desenvolver atividades de incentivo à alimentação saudável.

 

Mais de 10 mil atendimentos

 

De janeiro a abril deste ano, o programa Saúde Agora realizou 2.309 consultas médicas, 959 exames de papanicolau e 1.049 testes rápidos; administrou 738 doses de vacinas; além de contabilizar mais de 3.500 atendimentos relacionados à atualização das condicionalidades do Bolsa Família e digitações do cadastro E-SUS.

 

Nas atividades de educação em Saúde foram beneficiadas 1.796 pessoas neste período. Dentre os temas abordados, destacam-se:     gênero e cidadania; dengue e aborviroses; uso racional de medicamentos e assistência farmacêutica; prevenção e cuidados com a tuberculose; medidas protetivas em época de chuvas (controle de pragas e suas doenças: Leptospirose, escorpião, arboviroses); cultivando a autoestima; aimentação saudável; cultivo de hortas e plantas medicinais; importância da atividade física, entre outros.