São recolhidas em Guarulhos 350 metros cúbicos de podas por mês

0
2119

 

A Prefeitura de Guarulhos, por intermédio da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), coleta por mês aproximadamente 350 metros cúbicos de podas de árvores, como folhas, ramos e galhos, o que representa cerca de 20 toneladas.

 

arvores-guarulhosFoto: William Benicio

 

No ano passado, recolheu 4,2 mil m³ com o atendimento de chamadas de emergências e de 790 ocorrências registradas pela equipe operacional da Pasta.

 

salvador-guarulhosFoto: William Benicio

 

Salvador Gonçalvez de Oliveira, gerente técnico da Pasta, socorreu na última semana Thiago Semioti, morador do Jardim Santa Francisca, que solicitou a poda para uma acácia tipuana, de 40 anos, com 30 metros de altura. A execução do serviço contou com a parceria da empresa EDP Bandeirante, porque os galhos já estavam próximos da fiação elétrica. “Essa espécie cresce bastante e não é própria para as calçadas, mas para parques é ótima. É muito importante a população saber quais os tipos de árvores e locais que são apropriados para o plantio, para que depois não tenham contratempos”, explica.

 

folhas-guarulhosFoto: William Benicio

 

Não muito longe dali, na Vila São Rafael, parte de uma seringueira, de aproximadamente 2 metros, caiu ao lado das casas da ajudante geral Maria da Conceição, de 53 anos, e da sua vizinha Andrea Maria Alves, de 34. Segundo a Maria da Conceição, outro morador fez a poda errada e mexeu em sua estrutura.

 

Salvador afirma que serão necessários uns 15 dias para realizar as podas fitossanitária e de rebaixamento de copas. “Essa operação será mais demorada porque a raiz da árvore é enorme. Nosso trabalho parece simples e algumas pessoas acham que podem executá-lo de qualquer jeito, mas não é; para todo procedimento é necessário um laudo técnico emitido por engenheiros”, alerta.

 

No portal da Prefeitura de Guarulhos há um manual de arborização que indica os critérios para execução do plantio e as espécies adequadas. Para ver o conteúdo basta acessar o site: www.guarulhos.sp.gov.br, na página destinada à Secretaria de Meio Ambiente.

 

Tipos de podas

 

A Sema realiza cinco tipos de podas: a de condução, para conduzir a planta a se desenvolver de forma segura e controlada e em um formato desejado; a fitossanitária, para retirar os galhos e folhas secas; a de rebaixamento de copa, que é a mais drástica porque pode ser retirada alguma parte da árvore e é executada para evitar sua interferência na fiação elétrica, com risco de queda; a de levantamento de copa,que elimina os ramos para melhorar a visibilidade de praças e ruas; e, por fim, a de formação, que confere forma adequada à árvore durante o seu desenvolvimento.

 

A poda somente deve ser executada depois de comprovada a necessidade, por meio de parecer técnico do profissional habilitado pela Secretaria de Meio Ambiente. Para realizar o serviço e não causar prejuízo ambiental é necessário protocolar pedido em qualquer unidade da Rede Fácil. Em situações extremas de emergência com risco de queda de árvore deve-se acionar o Corpo de Bombeiros, pelo telefone 193 e a Defesa Civil pelo telefone 199.

 

Serraria Ecológica

 

Criada em 2008, a Serraria Ecológica é hoje referência para muitos municípios que ainda descartam resíduos vegetais em aterros sanitários. Guarulhos transforma 80% da poda de árvore (folhas, ramos e galhos) em compostagem. Os outros 20%, que são os troncos de árvores condenadas, são utilizados na fabricação de móveis, playgrounds, decks, sarrafos e outros utensílios utilizados pela Prefeitura.

 

moveis-guarulhosFoto: William Benicio

 

Um triturador transforma 16 metros cúbicos do material recolhido diariamente em serragem, que passará por processo de controle de temperatura e decomposição até ser levada para a área de compostagem.  Para o material composto, os restaurantes populares do Fundo Social doam 150 kg de restos de comida. Os resíduos passam por uma transformação biológica e tornam-se fertilizantes orgânicos que melhoram a condição do solo, com maiores fluxos de drenagem de água, além de melhorar a capacidade de armazenamento de insumos.

 

Fonte: Prefeitura de Guarulhos