Propostas idiotas em Guarulhos

0
673

 

Nesta terça-feira, devem ser concluídos os trabalhos da Comissão da Verdade da Câmara Municipal de Guarulhos.
Segundo matéria da Folha Metropolitana desta terça-feira, uma das conclusões da Comissão é de propor a mudança na denominação de logradouros públicos que se refiram a indivíduos considerados torturadores, como é o caso do marechal Humberto de Alencar Castelo Branco. O presidente da Comissão, vereador Marcelo Seminaldo (PT), alegou: “Não queremos homenagear torturadores”.

 

vereadores-guarulhos

Sabendo dessa proposta, dá a impressão de que Guarulhos tem todos os problemas resolvidos e nada há mais a fazer. A julgar pela preocupação do parlamentar, o sistema de saúde da cidade estaria perfeito, as escolas obteriam resultados fantásticos do ensino que ministram, as ruas todas bem pavimentadas, o meio ambiente respeitado, ninguém sem ter onde morar, o esgoto 100% tratado e, mais importante de tudo, nenhum desempregado em Guarulhos.

 

Se é como Seminaldo propõe, seria importante resgatar a real história do País para averiguar se um Fernão Dias ou Anhanguera, por exemplo, deveriam ser dignos de homenagens. Eles foram heróis ou bandidos?

E políticos corruptos merecem dar nomes a logradouros? Quem teria a primazia de definir quem merece ou não a homenagem, quem teria sido ou não corrupto? Ou apenas torturadores devem ter seus nomes excluídos das ruas e avenidas?

 

Ah! E que dizer das tantas escolas batizadas com nomes de personalidades que, na ótica da tal Comissão da Verdade, não merecem ser homenageadas?

O que fariam todos os alunos formados por essas escolas, que ostentam com orgulho nas paredes de suas casas ou escritórios os diplomas? Jogariam fora?

 

Tenho uma proposta mais econômica do que alterar os nomes dos logradouros. Que os integrantes da Comissão “da Verdade” simplesmente recusem-se a trafegar pelas ruas e avenidas que tenham nomes dos que eles concluíram ser torturadores e de tantos outros que podem ter torturado pessoas também. Não sei se eles sabem, mas em nome de Deus, muitos índios foram sacrificados. Será que Manoel da Nóbrega e José de Anchieta teriam torturado alguém? Não sei. Eles devem saber a verdade. E os Bandeirantes, que dão nome à melhor rodovia do País, quantos crimes terão praticado para abrir estradas e povoar São Paulo?

Que tal não passarem mais pela praça que leva o nome do ditador Getúlio Vargas? Será que o Presidente Dutra foi perfeito? Perguntem aos descendentes dos mortos na Guerra do Vietnam se John Fitzgerald Kennedy merece dar nome a uma praça de Guarulhos.

Ora, senhores vereadores, vão procurar o que fazer, porque há muito a ser feito nesta cidade. E deixem os mortos em paz.

 

Texto de Valdir Carleto no Click Guarulhos