Projeto de lei do Executivo prevê a criação de 220 vagas na Educação

0
95

 

A Prefeitura de Guarulhos encaminhou à Câmara Municipal nesta terça-feira (17) o projeto de lei 1.419/2022, que altera a lei nº 7.550, de 2017, no que diz respeito à criação de cargos públicos para atuação nos equipamentos da Secretaria de Educação tendo em vista a melhoria no atendimento da população.

 

O projeto prevê a criação de 60 vagas para o cargo de agente escolar, 100 vagas para assistente de gestão escolar e outras 60 vagas para assistente de gestão pública, com salários que vão de R$ 2.162,26 a R$ 2.294,51.

Vale ressaltar que a criação dessas vagas refletirá na chamada dos candidatos habilitados nos concursos vigentes de agente escolar (04/01/2023), assistente de gestão escolar (27/09/2022) e assistente de gestão pública (02/10/2023).

As vagas têm como objetivo atender às demandas da rede municipal de ensino, considerando que esta possui, atualmente, 153 escolas que atendem as modalidades de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. Desde a última adequação do quadros de servidores da Secretaria de Educação foram inauguradas 29 escolas na cidade.

Desta forma, devido ao ritmo crescente de construções de novas escolas e de Centros de Educação Unificados (CEUs) com previsão de entrega para este ano e no próximo, é imprescindível a ampliação da quantidade de servidores, tendo em vista o aumento do fluxo de trabalho com quantidades suficientes para atender à demanda.

Quando aprovado, o projeto vai impactar positivamente na dinâmica e na qualidade do atendimento realizado nas escolas, nos 13 CEUs, nos quatro Centros Municipais de Educação, nos Centros de Incentivo à Leitura, entre outros, espaços nos quais esses profissionais irão atuar.