Prefeitura lança projeto para acolher mães de filhos com deficiência

0
1493

 

“Mães Especiais” é o nome do projeto que o Centro de Atendimento Multiprofissional à Pessoa com Deficiência (Campd) dará início a partir desta quinta-feira (9), com o objetivo de acolher e auxiliar os pais e cuidadores de crianças, adolescentes e adultos com deficiência. Totalmente gratuita e aberta à população, a atividade acontecerá todas as quintas-feiras, às 14 horas, na sede da unidade, localizada na rua Porto Belo nº 28, Jardim dos Camargos.

 

Para participar, basta se inscrever na recepção do Campd ou pelo telefone 2087 7100. De acordo com a gerente do serviço, Elisângela Arantes de Souza, não é necessário ser paciente do Campd para fazer a inscrição. Além disso, os interessados podem levar seus filhos, uma vez haverá uma sala de atividade específica para eles, enquanto os pais e cuidadores estiverem nas rodas de conversa e dinâmicas de grupo mediadas por  profissionais como assistente social, psicóloga e enfermeira.

 

Segundo Elisângela, a proposta é criar um espaço de escuta e acolhida para que as mães e cuidadoras de crianças, adolescentes e adultos com deficiência física, intelectual, visual, auditiva ou múltiplas, possam trocar experiências, compartilhar sentimentos. Visa também oferecer apoio para a compreensão e reflexão do seu papel junto aos seus filhos.

 

“Vamos oferecer momentos de descontração para estas mães por vezes tão sobrecarregadas com a rotina do cuidarTudo isso, com a participação de especialistas que irão compartilhar seus conhecimentos e dar sua contribuição para melhorar o dia a dia dessas pessoas”, explicou a gerente do Campd. Segundo ela, a inspiração para o início do projeto partiu da solicitação de uma Conselheira Gestora do Campd , mãe de uma jovem com Síndrome de Down, que sentia falta de um espaço como esse.

 

Palestras

 

Além desse projeto voltado para mães e cuidadores de pessoas especiais, o Campd promoverá todas as quintas-feiras deste mês um ciclo de palestras sobre câncer de Próstata, que acontecerá nos dias 10, 17 e 24, às 8 horas. As inscrições serão feitas na recepção do serviço, com 15 minutos de antecedência.

 

“Vamos conversar sobre o câncer de próstata” é o nome da ação que integra a programação do Novembro Azul e Negro, mês dedicado à saúde do homem e da população negra. Ministrada pelo médico do Campd, Carlos Benedito André, a palestra abordará pontos importantes como: diagnóstico; tratamento, sinais e sintomas além de informações sobre prevenção.

 

A gerente do Campd explicou que também levou essa iniciativa a outras unidades de Saúde:  Unidade Básicas de Saúde (UBS) Cecap, onde a palestra foi proferida no dia 1º deste mês;  Vila Barros (dia 8), Carmela (9), Itapegica (16), Cavadas (17), São Ricardo (22), Ponte Grande (23), Presidente Dutra (24), Centro de Testagem e Aconselhamento em Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST/Aids (29) e UBS Haroldo Veloso (30).

 

Campd

 

Inaugurado em abril passado, o Campd funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, na viela Porto Belo, nº 28 (Vila Camargos). O serviço atende as pessoas com deficiência que já foram reabilitadas, mas necessitam de suporte e intervenções com equipe multidisciplinar. O encaminhamento para o Campd é feito pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e centros especializados.