Prefeitura dá início à construção do Hospital Infantojuvenil de Guarulhos

0
88

 

A Prefeitura deu início oficialmente nesta quinta-feira (22) à construção do Hospital Infantojuvenil de Guarulhos (HIG) em uma área no Parque Santo Agostinho, região do Taboão. O moderno equipamento de R$ 2,8 bilhões atenderá jovens com até 20 anos da cidade e deverá se tornar referência também para os municípios da região do Alto Tietê. As obras no local já ocorrem desde o início de fevereiro.

 

Uma das principais vantagens do novo HIG será o aumento substancial de 62% no número de leitos em comparação ao atual Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA), no Centro, que possui 84, contra os 136 do HIG. Este terá ainda um pronto-socorro 24 horas preparado para fazer até 11 mil consultas mensais.

 

O número de avaliações mensais com especialistas em diversas áreas também terá um substancial aumento com o HIG, passando para 4,7 mil, 54% a mais do que no HMCA. O Hospital Infantojuvenil terá capacidade ainda para 437 cirurgias por mês, 542 internações em quartos e 43 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

 

“O HIG vai revolucionar o atendimento gratuito a crianças e adolescentes em Guarulhos e região”, resumiu o prefeito Guti. “No momento mais difícil para uma pessoa, que é presenciar um problema de saúde de seu filho, ela poderá bater aqui e terá alguém e um leito pra acolher”. Guti prevê que o HIG estará completamente funcional no primeiro semestre de 2025.

 

Outra vantagem da nova unidade é a economia em aluguel do HMCA, que gira em torno de R$ 105 mil por mês, ou R$ 1,26 milhão anuais, valores bancados pela administração municipal. O HIG será equipado com um pronto-socorro com pediatria, ortopedia, otorrinolaringologia, cirurgias pediátrica e bucomaxilofacial, psiquiatria, UTI pediátrica e enfermarias. Além disso, terá três salas cirúrgicas em funcionamento contínuo e um centro de reabilitação voltado para o atendimento especializado de pessoas com deficiência.

 

A concessão do Hospital Infantojuvenil por meio de uma parceria público-privada (PPP) será por um período de 20 anos, prorrogáveis por mais dez. Após esse prazo, os equipamentos serão destinados à Prefeitura de Guarulhos. “O dia de hoje é um marco para Guarulhos em uma das áreas mais difíceis de cuidar, a saúde”, comentou o deputado estadual Jorge Wilson Xerife do Consumidor, líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

 

De acordo com o secretário de Governo de Guarulhos, Edmilson Americano, que liderou as tratativas para o projeto, o HIG terá capacidade para ser referência no atendimento de crianças e adolescentes na região do Alto Tietê, que compreende 12 cidades e uma população estimada em 2,9 milhões de pessoas. “Hoje é um dia histórico para Guarulhos. Pegamos a cidade com apenas uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e hoje há quatro. O HMCA tem melhorado muito, mas o HIG será um grande legado que a administração Guti deixará para a cidade”, disse Americano.

 

Arena Taboão

 

O HIG começou a ser erguido em um local onde funcionava um campo de futebol. Contudo, os munícipes da região do Taboão não ficarão sem o equipamento. Outro campo, mais moderno, será construído ao lado do Restaurante Popular do Taboão. Ele terá grama sintética e o local contará ainda com pista de caminhada, parquinho para as crianças e iluminação em LED, mais intensa e econômica.