Prefeitura começa a distribuir kits educativos a alunos e escolas da rede municipal

0
378

 

Mais de 170 mil livros paradidáticos começam a ser entregues às 141 escolas da Rede Municipal de Ensino de Guarulhos e 54 entidades parceiras. As obras, que estão organizadas em kits educativos, passam a compor tanto o acervo das unidades escolares como dos alunos, e contemplarão crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental.

 

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel) investiu aproximadamente R$ 6 milhões na aquisição de 1.450 kits educativos, o que representa cerca de R$ 4,00 por mês, ou R$ 51,00 por ano para cada aluno. O objetivo deste material, fornecido pela Editora Terra do Saber será ajudar a potencializar as iniciativas de leitura das escolas.

De acordo com a diretora do Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas da Secel, Zenaide Evangelista Clemente Cobucci, o material é rico em atividades que ajudam no desenvolvimento das crianças por meio de conteúdos, competências e habilidades. Os kits fornecidos pela Editora Terra do Saber são compostos por seis coleções: Despertar (Inclusão); O Mundo das Letras e dos Números (Alfabetização e Letramento); Cuidando da Saúde (Saúde e Ciências); Coleção Você Sabe? (Áreas do Conhecimento); Econsciência (Meio Ambiente); Jogos e Brincadeiras de Matemática (Matemática).

“As temáticas abordadas nos livros despertam nos alunos a curiosidade, motivando-os a pesquisar e, dessa forma, estimulam sua autonomia na construção de saberes e a assimilação da linguagem escrita por meio de situações de leitura e registro”, observa Zenaide. Para ela, o uso desse material de apoio torna o processo de ensino-aprendizagem ainda mais criativo, dinâmico, divertido e envolvente.

 

Mais investimentos em educação

A entrega dos materiais paradidáticos inclui também livros educacionais adquiridos da Editora Liberty, que compõem o Projeto Minha Sala de Leitura e serão entregues a mais de 45 mil alunos de 1º ao 4º ano do Ensino Fundamental.

Segundo Zenaide, este projeto incentiva os estudantes a montar em sua casa uma biblioteca particular, o que ajuda no desenvolvimento da competência leitora tanto das crianças quanto de seus pais e familiares. O investimento nesta aquisição foi de aproximadamente R$ 4 milhões, que representam cerca de R$ 7,00 por mês, ou R$ 87,00 por ano, por cada aluno beneficiado.

 

A coleção é composta por 8 livros e possui os seguintes títulos: Talento Nato; O Segredo de Pedro; Koda Cachinhos Dourados; Calma Lucas; Uma Pequena Diferença; Biscoitinhos Fedorentos; Poodle de Montão; Meu Amigo Peixe.

Para o secretário João Carlos Pannocchia, a Secel está oferecendo aos alunos a possibilidade de se criar conexões entre a escola e o cotidiano, por meio de uma fonte de conhecimento que ultrapassa o universo da sala de aula: “Acreditamos na educação como forma de resgate e construção da cidadania. Temos certeza que disponibilizar recursos didático-pedagógicos para alunos e professores é oportunizar a possibilidade de ressignificar e construir o conhecimento, transpondo inclusive os limites das instituições escolares, repercutindo beneficamente no meio social de cada um”.

 

Transparência

Pannocchia ressalta também que o investimento em recursos pedagógicos é uma das recomendações do Tribunal de Contas do Estado. Ele explicou que a Prefeitura de Guarulhos, em um processo de completa transparência, após a análise pedagógica das obras, optou pela aquisição por meio de um instrumento legal, previsto no inciso I, do artigo 25 da Lei 8666/93, que considera a exclusividade na distribuição e comercialização de ambas as obras.

O processo de compra teve início em agosto do ano passado e foi acompanhado e estruturado pela equipe da Secel. As Editoras Terra do Saber e Liberty são representantes exclusivas das obras ofertadas em todo território nacional, conforme Declaração de Exclusividade expedida pela Câmara Brasileira do Livro.