Prefeitura alerta para cuidados com as doenças sexualmente transmissíveis durante o carnaval

0
227

 

Em palestra realizada nesta quinta-feira (16) o Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Guarulhos alertou para os métodos de prevenção contra as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) durante o período de carnaval. A orientação foi destinada aos servidores da Secretaria da Saúde tendo em vista o atendimento à população nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nos centros especializados distribuídos pelo município.

 

 

A palestra foi realizada na sede da pasta e ministrada pela psicóloga e coordenadora do Programa Municipal IST/Aids e Hepatites Virais, Marina Nairismagi Alves. Ao longo da explanação a servidora expôs os principais métodos preventivos contra as ISTs e orientou os funcionários da pasta quanto ao uso dos autotestes de HIV, distribuídos gratuitamente nas UBS do município.

 

Prevenção

 

Com os períodos festivos, a exposição dos cidadãos às ISTs aumenta significativamente. Isso acontece porque durante a folia é comum que os métodos de prevenção, como o uso de preservativos, sejam deixados de lado. Entretanto, para garantir a curtição no carnaval, as medidas simples devem ser prioridade e andar lado a lado com a diversão dos guarulhenses.

 

O uso do preservativo é uma estratégia fundamental, mas outras medidas também são importantes e complementares. Segundo Marina, não há hierarquia entre as estratégias, ou seja, o melhor método é aquele que é escolhido com a ajuda do profissional de saúde.

 

Confira outros meios de prevenção contra as ISTs

 

Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) – Utiliza medicamentos antirretrovirais continuamente, antes que ocorra a exposição ao HIV. Com a presença do medicamento no sangue, no momento do contato com o HIV o vírus não consegue se estabelecer no organismo. A PrEP pode ser encontrada no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e no SAE Carlos Cruz.

Profilaxia Pós-Exposição (PEP) – Uso de antirretrovirais durante 28 dias por pessoas que se expuseram a risco de adquirir a infecção pelo HIV (relações sexuais sem o uso de preservativo, vítima de violência sexual ou acidente com exposição a material biológico). A PEP está disponível em todas as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Pronto Atendimento (PAs) do município

 

Prevenção na transmissão vertical – Testes rápidos oferecidos às gestantes para sífilis, HIV e hepatite B na primeira consulta, no início do 2º e 3º trimestres de gestação e na internação para o parto (independentemente dos resultados anteriores).

 

Imunização – Vacina HPV para meninas e meninos de nove a 14 anos (duas doses: logo após o nascimento e aos seis meses).

Vacina contra a hepatite B – Todas as faixas etárias (três doses: zero, um e seis meses)

Vacina contra a hepatite A – Crianças de 12 meses até menores de dois anos (um ano, 11 meses e 29 dias): uma dose.

 

Redução de danos – Objetiva prevenir o HIV e outras infecções que podem ser transmitidas por intermédio do compartilhamento de agulhas e seringas. Faz-se ainda um alerta especial para as pessoas em uso de drogas injetáveis. Para aqueles que fazem uso abusivo de álcool e drogas não injetáveis, a redução de danos visa à prevenção da transmissão sexual das ISTs.

 

A Secretaria da Saúde orienta ainda que os cidadãos sejam adeptos à testagem regular, que, além do diagnóstico, pode ser utilizada como ferramenta de prevenção.

 

Autoteste de HIV

 

O autoteste de HIV, disponível no CTA e no SAE Carlos Cruz, é um processo no qual o cidadão coleta sua própria amostra através do fluido oral e, em seguida, realiza um teste e interpreta o resultado sozinho ou com alguém em quem confia. Esse teste representa mais um passo nos esforços para aumentar a autonomia do indivíduo, descentralizar os serviços e criar demanda de testes de HIV entre aqueles não alcançados pelos serviços ou que precisam ser testados com mais frequência devido à exposição contínua ao risco, ou seja, devido à sua maior vulnerabilidade ao risco de contrair HIV, como os homens que fazem sexo com homens, a população trans, os trabalhadores do sexo, a população privada de liberdade e as pessoas usuárias de álcool e outras drogas.

 

Serviço

 

Testes rápidos para HIV, sífilis, hepatites B e C, bem como preservativos e sachês de gel lubrificante estão disponíveis nas UBS do município e os endereços podem ser consultados em www.guarulhos.sp.gov.br/unidades-basicas-de-saude-ubs.

 

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) fica na avenida Tiradentes, 2.521, no Centro, onde funciona também a Escola SUS e o Tear. Já o SAE Carlos Cruz fica na rua Miracanga, 32, Parque Jurema.