Ponto de Cultura realiza oficina gratuita de taipa

0
629

 

No próximo sábado (16/04), o Ponto de Cultura da AAPAH inicia a oficina de taipa, a ideia é fazer os participantes aprenderem na prática, será ensinado as técnicas de pilão e pau-a-pique.

 

Muitos dos casarões que são patrimônios históricos tiveram suas paredes construídas no formato de taipa de pilão, que é um sistema rudimentar de construção consistido em comprimir a terra em formas de madeira no formato de caixa, onde o material é socado em camadas de aproximadamente quinze centímetros.

 

AAPAHCasa da Candinha, paredes de taipa de pilão. Ano: 2012. Acervo: AAPAH/Elmi Omar

 

Já taipa de mão, também conhecida como pau-a-pique, é uma técnica onde as paredes são armadas com madeira ou bambu e preenchidas com barro e fibra. Essa técnica também foi muito utilizada no período colonial.

 

O objetivo do curso é dar uma orientação básica e prática sobre dois modos de trabalhar com a taipa, assim despertar nos participantes a intenção de trabalhar em restauros  e reformas de construções com esse tipo de arquitetura.

 

Serviço

 

16, 30/04 e 07/05 – Oficina de Taipa de Pilão e Taipa de Mão

 

Conteúdo Programático: taipa de pilão e taipa de mão

Vagas: 20 participantes.

Inscrições gratuitas: [email protected] e (11) 3380-7772.

Carga horária: 14 horas.

1° e 2° encontros: das 9h30 às 13h30, no Arquivo Histórico de Guarulhos.

3° encontro: das 9h30 às 15h30, no sítio da Candinha, sairá transporte gratuito do Arquivo Histórico.

 

A Oficina de Taipa visa levar os participantes a conhecer e vivenciar as principais técnicas tradicionais de construção em terra, tais como era utilizada nos primórdios da arquitetura paulista. A oficina é predominantemente prática, por isso é necessário o uso de roupas confortáveis e sapato fechado.