Patrulha Maria da Penha prende mais um homem por descumprimento de medida protetiva

0
124

 

A Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prendeu no domingo (10) um homem por descumprimento de medida protetiva de urgência por violência doméstica no Jardim Leblon. Esta é a 41ª prisão do programa de proteção às mulheres da GCM em cinco anos de existência.

 

 

O acusado invadiu a casa da ex-companheira, ameaçou-a na presença dos filhos e fugiu pouco antes da chegada da viatura. No entanto, as equipes localizaram o indivíduo nas proximidades da residência e efetuaram a prisão, conduzindo-o ao 4° Distrito Policial. Após as oitivas, a autoridade de plantão ratificou a prisão em flagrante e elaborou boletim de ocorrência por descumprimento de medida protetiva de urgência. O autor ficou detido e à disposição da Justiça.

 

Na sexta-feira (8) o agressor já havia sido preso por agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) da GCM, ainda no interior da residência, mas foi liberado no sábado (9) após passar por uma audiência de custódia. A vítima então solicitou medida protetiva à autoridade policial, o que a possibilitou ser assistida pela Patrulha Maria da Penha. Dessa forma, ao ser abordada pelo ex-marido, ligou diretamente para a Central 153 e comunicou sua presença.

 

Patrulha Maria da Penha

 

Com mais de 12 mil atendimentos em meia década, a ronda 24 horas cumpre diariamente um trajeto que contempla os endereços que fazem parte das rotinas das vítimas. O programa foi otimizado no último mês, quando a Prefeitura lançou o aplicativo SOS Patrulha Mulher para que as assistidas acionem as equipes com apenas um clique.

 

Quando o chamado é feito, o dispositivo dispara um sinal sonoro na central de atendimento da GCM com a localização exata da solicitante. Dessa forma, a ocorrência é tratada em caráter de urgência e brevidade de atendimento.