Onda de violência em pleno Domingo de Páscoa

1
833

 

O domingo de Páscoa em Guarulhos foi marcado pela violência. A Polícia Civil registrou quatro casos com cinco mortes, uma delas de um policial militar. Todas as vítimas foram assassinadas a tiros, além de três pessoas feridas também por disparos, inclusive um adolescente.

Além dos homicídios, a PM prendeu duas pessoas que praticavam roubos no Conjunto Marcos Freire.

 

pizzaria-mortos

Uma tentativa de assalto à pizzaria Novo Império, na rua Petrônio Portela Nunes, 45, no Inocoop, deixou dois suspeitos mortos, e dois homens feridos, um deles que participou do crime, além de um cliente que também foi atingido por um disparo. Ele foi levado ao Hospital Geral de Guarulhos (HGG), e não corre risco de morte.

Os três homens chegaram à pizzaria por volta das 22h20, armados, e anunciaram o assalto. Um dos suspeitos atirou em direção ao interior do estabelecimento e atingiu Bruno Santos Cutrim, de 29 anos, no braço. Um PM que estava de folga e jantava com a família reagiu, deu voz de prisão e atirou contra os assaltantes.

O PM, de 47 anos, atingiu os três suspeitos, que fugiram correndo. Dois deles foram encontrados mortos a poucos metros da pizzaria, enquanto o terceiro conseguiu fugir. Minutos depois, um menor deu entrada no HGG com ferimentos de arma de fogo, e pode ter envolvimento com o fato.

O dono da pizzaria confirmou a versão do policial militar, mas informou que um homem que fazia a segurança do comércio, conhecido como Rogério, não foi localizado após o crime.

Como ele andava armado, pode ter perseguido os três suspeitos e atirado. Até à tarde de ontem nenhum dos dois mortos haviam sido identificados.

 

Fonte: Guarulhos Hoje