O Mundo em 1808 é tema de exposição

0
493

Na próxima sexta-feira, dia 13, às 16h, acontece o vernissage da exposição O mundo em 1808, no saguão principal da sede da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. Panteão, Basílica de São Pedro e o Coliseu de Roma são esculturas que compõem a primeira fase do projeto.

mundo-educacao-1808
Obras foram feitas com materiais recicláves / Fotos: Yve de Oliveira

Sob curadoria de Tiago Ortaet, diretor de Cultura, os trabalhos dessa 1º etapa resgatam monumentos da era cristã e têm por objetivo apresentar o panorama europeu antigo. Locadas atualmente no térreo do prédio, as obras também percorrerão as escolas da rede municipal, além dos CEUs e do Centro Municipal de Educação Adamastor.

Os artistas Antonio Donizeti Vaz de Azevedo, mais conhecido por Cabelo, e Marly Akemi Soga Alves falaram sobre a elaboração do trabalho. Segundo eles, a Basílica, o Coliseu, e o Panteão duraram aproximadamente 4 meses, 5 meses e 1 mês, respectivamente, de elaboração com base em imagens e fotos. Criaram as réplicas, em grande parte, de material reciclável. Todas têm como base o papelão, além de espetos de madeira, tinta, argila, entre outros.

Eles lembraram também que foi fundamental a colaboração de todos os departamentos da Secretaria de Educação para conseguir a matéria prima, especialmente no de Planejamento e Informática, que cedeu caixas de papelão dos computadores.

Na segunda etapa do projeto, as obras têm como objetivo retratar Portugal um pouco antes da invasão napoleônica e, na terceira etapa, o Brasil e a chegada da família real portuguesa em 1808. Alguns monumentos já foram idealizados para as próximas etapas, como a Casa Real, os Portos e os Arcos da Lapa.

Todos estão convidados a ver, a partir de sexta-feira, as obras que têm dimensões de até 3,5 metros de comprimento; 2,3 de largura; e 1,7 de altura aproximadamente. A sede da Secretaria fica na rua Claudino Barbosa, 313, no Macedo.

Para acessar o texto da curadoria, clique aqui.