Muito entulho em rua no Jardim Adriana

0
637

 

Abandonada pela Prefeitura, a rua da foto ao lado, no Jardim Adriana (Região Taboão), esta coberta de lixo. Na teoria a via existe, e chama-se Milton Antônio de Magalhães Fiúsa, mas segundo a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU) “não está implementada”. Na prática, é inexistente, tanto que moradores do local se queixaram à Folha Metropolitana como um “terreno baldio” cheio de lixo.

 

Em razão disso, os moradores da região começaram a descartar entulhos e resíduos irregulares no local, até ficar intransitável.

 

entulho-guarulhos

Foto: Silvio Cesar

 

“Por causa desses lixos, há muitos ratos e baratas em nossas casas, além do local ser utilizado por usuários de drogas”, disse a diarista Solange Pereira de Souza. Segundo ela, desde 1996 existe o problema.

 

A reportagem apurou que se tratava de uma rua, pois quando chegou ao local, além do “terreno” não estar murado, havia guias e sarjetas.

 

Proguaru e SDU “batem cabeça”

 

Enquanto a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU) afirmou que notificou a Dema, solicitando desobstrução no passeio e reparos no muro, a Proguaru informou que “realizará vistoria técnica no local até o início da próxima semana para identificar o tipo de material disposto irregularmente e programar sua retirada”.

 

 

A Prefeitura não respondeu quando a rua será implementada.

 

Empresa recebe multa por lixo na via

 

A Rua Milton Antônio Fiúsa fica ao lado do terreno pertencente à loteadora Dema Sociedade Civil. O representante da empresa, Cássio Lemos, afirmou que já foi multado, sob a alegação de que a empresa era responsável pelo depósito de detritos.

 

“É uma via pública. Já jogaram tanto lixo que virou uma montanha, bloqueando a rua; há alguns anos tiramos quatro caminhões de entulhos do local e levantamos um muro. Mas o departamento jurídico [da Prefeitura] pediu para derrubar, pois era público. Eles me multam por algo que eu não tenho culpa”.

 

Fonte: Folha Metropolitana