Materiais similares à entorpecentes e micro celulares são flagrados em unidades prisionais da região metropolitana de SP

0
136

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa sobre apreensões de ilícitos em unidades prisionais da região metropolitana de São Paulo.

Guarulhos

 

Na última quinta-feira (1), no Centro de Detenção Provisória Guarulhos II, os agentes de segurança da unidade encontraram 27 pedaços de papelão na cor amarela, supostamente substância sintética K4, escondidos em uma escova de lavar roupas.

 

Uma segunda tentativa de enviar ilícitos à unidade foi frustrada na sexta-feira (2). Da mesma forma que o flagrante anterior, 19 cartelas de papelão amarelos, aparentando ser K4, foram encontrados dentro de uma escova de lavar roupas.

 

Para ambos os casos foram instaurados procedimentos administrativos de praxe e as apreensões foram encaminhadas ao Distrito Policial para registros de boletins de ocorrência.

 

São Bernardo do Campo

Os agentes de segurança do Centro de Detenção Provisória “Dr. Calixto Antônio” de São Bernardo do Campo flagraram ilícitos em três correspondências encaminhadas à unidade prisional.

 

 

Uma das apreensões identificou duas placas de micro celular, dois alto-falantes e e dois pedaços de fio de estanho escondidas no interior de um livro. Nas placas de celular não foram encontradas chamadas antigas ou números de telefone registrados.

 

O segundo caso flagrado apreendeu 31 micropontos e 15 pedaços de papel, ambos na cor preta, supostamente droga sintética K4. Os ilícitos estavam ocultados dentro de sabonetes.

 

Nesta segunda-feira (5), mais de 190 micropontos de suposta droga sintética K4 foram encontrados escondidos no cós de uma bermuda. A vestimenta com o entorpecente foi remetida pela mãe de um custodiado, via correspondência. A apreensão foi realizada durante procedimento de revista padrão nos pertences encaminhados por correio.

 

Os ilícitos apreendidos foram encaminhados ao 8° Distrito Policial do município.

Franco da Rocha

 

 

 

Uma porção de substância esverdeada, similar à maconha, foi encontrada no fundo falso de um pote de margarina. O objeto com o entorpecente escondido foi enviado pela companheira de um custodiado, via sedex, e após apreensão, o ilícito foi levado ao Distrito Policial de Franco da Rocha, para registro do caso e demais providências cabíveis.