Hospital Pimentas Bonsucesso, em Guarulhos, celebra 1.500 vidas salvas durante a pandemia

0
175

 

Desde o início da pandemia, em março de 2020, até hoje, o Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso (HMPB), em Guarulhos, já salvou a vida de 1.500 pessoas que contraíram a Covid-19. A unidade é administrada pela organização social IDGT. Nesta segunda-feira (29) são 53 pessoas internadas no local para o tratamento da doença, sendo oito em UTIs, 34 em enfermarias e 11 na unidade de retaguarda com capacidade de terapia intensiva. Cinco delas estão em isolamento.

 

Dentre os que deram entrada no Hospital Pimentas Bonsucesso com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão pessoas como Maria da Assunção, que permaneceu 19 dias internada, mas pôde retornar para casa depois do tratamento recebido no local. Sílvio Costa Santos, por sua vez, ficou sete dias na UTI, se recuperou e voltou para sua família.

 

No final do ano passado, a irmã de Sílvio, Sonia Costa Santos Almeida, usou as redes sociais para elogiar a assistência que ele recebeu no Hospital Pimentas Bonsucesso. “Quero agradecer a todos os profissionais que deixam diariamente suas casas e seus familiares para cuidar das nossas famílias. Obrigado de coração e que Deus esteja sempre presente, guardando e protegendo cada um”.

 

“Neste momento em que o país passa pela fase mais difícil da pandemia, apesar de todos os problemas, nossos profissionais continuam lutando com muita garra e dedicação para salvar vidas. Queremos agradecer aos nossos colaboradores pelo trabalho que vem sendo feito e dizer que o hospital segue firme na missão de continuar salvando vidas”, destacou Radir Sabino Júnior, diretor clínico do HMPB.