Guarulhos tem menos ‘orelhões’ do que deveria

0
948

 

Guarulhos atualmente possui menos telefones públicos disponíveis à população do que a quantidade que deveria oferecer, de acordo com o Plano de Metas de Universalização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Pelos números atuais, a cidade teria que disponibilizar 5.249 orelhões, mas o número atual é de 5.079 aparelhos.

O Plano de Metas da Anatel determina que a concessionária que cuida dos telefones públicos, caso da Telefônica Vivo na cidade, mantenha quatro orelhões para cada grupo de mil habitantes.

Pelos últimos dados, Guarulhos possui 1.312.197 moradores, e fazendo esta conta determinada pela Anatel, se chega a quantidade de 5.249 telefones públicos que deveriam existir na cidade.

 

telefone-guarulhos

 

Diferente do número informado pela Anatel, a Telefônica Vivo afirma que opera 5.098 orelhões em Guarulhos, densidade ainda insuficiente. A empresa afirma que, para fazer a manutenção, possui um sistema remoto que detecta defeitos nos aparelhos e realiza vistorias periódicas e presenciais para verificação, e que, todos os meses, um volume expressivo de cúpulas, postes e aparelhos sofrem atos de vandalismo, exigindo medidas adicionais para que os telefones estejam à disposição do público.

Na semana passada, a Oi foi punida pela Anatel por não manter o mínimo de orelhões disponíveis na área de atuação da empresa em 15 estados. As ligações locais para telefones fixos realizadas nos orelhões da companhia não podem ser cobradas.

Na medição realizada no dia 31 de março, a concessionária OI não atingiu s patamares mínimos de disponibilidade nos Estados do Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe. A empresa precisa ainda fazer publicidade no próprio site sobre a gratuidade. A próxima medição acontece em 30 de agosto deste ano.

 

Fonte: Guarulhos Hoje