Guarulhos retoma vacinação contra a Meningite C

0
238

 

Com a chegada de 2.500 doses de Meningo C a Guarulhos nesta terça-feira (11), as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município retomaram a vacinação contra a doença. A ação foi acompanhada de perto pelo prefeito Guti e pelo governador de São Paulo Márcio França, que intermediou a vinda desse lote ao município e, durante visita à UBS Cabuçu, na manhã desta quarta-feira (12), anunciou o envio de mais 10 mil vacinas à cidade, atendendo ao pedido do prefeito e da secretária de Saúde, Ana Cristina Kantzos.

 

Foto: Fábio Nunes Teixeira / PMG

 

Acompanhado pelo secretário-adjunto de Saúde do Estado, Antonio Rugolo Júnior, e pela diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica Estadual, Helena Sato, o governador chegou por volta das 9 horas à UBS Cabuçu, onde inspecionou a sala de vacina e conversou com a população. Segundo Márcio França, a nova remessa de 10 mil doses deverá ser repassada a Guarulhos na próxima semana.

 

Meningo C

 

Assim como as demais cidades do país, Guarulhos enfrentava desabastecimento da vacina desde julho passado. A Meningo C protege contra o sorotipo C da doença meningocócica, que também pode ser causada por mais quatro subtipos: A, B, W135 e Y, para os quais o SUS (Sistema Único de Saúde) não oferece vacina.

 

De acordo com o Programa Nacional de Imunização, a primeira dose de Meningo C deve ser administrada aos três meses de idade, a segunda com cinco meses, mais um reforço com um ano. Adolescentes de 11 a 14 anos também devem tomar uma dose.

 

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica. Isso significa que ocorrências da doença são esperadas ao longo do ano, com o registro de surtos e epidemias ocasionais, sendo mais comum o surgimento de ocorrências do tipo bacteriana no inverno e das virais no verão. Porém, é importante destacar que Guarulhos não enfrenta surto da doença.