Guarulhos reforça a importância da vacinação contra a febre amarela antes do carnaval

0
246

 

Após o recebimento de comunicados emitidos pelo Governo de São Paulo de que cidades de Minas Gerais e do Paraná, que fazem divisa com o Estado, estão em alerta para a febre amarela, a Prefeitura de Guarulhos recomenda que as pessoas que viajarão para esses locais neste carnaval estejam imunizadas contra a doença.

 

 

A vacina faz parte do Calendário Nacional de Imunização, com a primeira dose a partir dos nove meses de idade e uma dose de reforço aos quatro anos. No entanto, pessoas acima de cinco anos que não receberam nenhuma dose ou não têm o comprovante de vacinação devem procurar uma das 69 UBS, exceto as unidades Jardim Paulista e São Rafael, que estão em reforma, para se vacinar. Os endereços das UBS podem ser consultados em https://www.guarulhos.sp.gov.br/unidades-basicas-de-saude-ubs.

 

A febre amarela é uma doença transmitida por meio de mosquitos silvestres que vivem em zona de mata e zona rural e sua proliferação tem alto índice neste período de chuvas, que ocorre entre dezembro e maio. A preocupação da Secretaria da Saúde é que as pessoas se exponham nessas regiões em acampamentos, trilhas e cachoeiras sem serem vacinadas dez dias antes, já que este é o tempo necessário para que estejam imunizadas.

 

Em Guarulhos a cobertura vacinal contra a febre amarela em 2022 foi de 67% em crianças menores de um ano, muito abaixo dos 95% preconizados pelo Ministério da Saúde. No dia 27 de janeiro o Estado de São Paulo registrou o primeiro caso de febre amarela desde 2020. Trata-se de um homem de 73 anos, morador da zona rural de Vargem Grande do Sul, divisa com Minas Gerais.

 

Entre 2017 e 2018 Guarulhos, bem como outros municípios do Brasil, verificou algumas dezenas de casos e de óbitos por febre amarela e, naquela época, não havia muitas doses disponíveis para a população. Desta vez, com vacina acessível para todos, espera-se que os munícipes procurem se proteger.