Guarulhos passa de mil casos confirmados de Covid-19; óbitos chegam a 152

0
170

 

Nas últimas 24 horas, Guarulhos passou de 955 casos confirmados de coronavírus (Covid-19) para 1.040. São 85 casos a mais registrados, além de mais cinco óbitos confirmados, sendo de três mulheres, com idades entre 62 e 89 anos, e dois homens, de 61 e 64 anos, totalizando 152. Há também 1.810 casos e 73 óbitos ainda sob investigação.

 

Os dados, que são do Boletim Epidemiológico, atualizado pela Secretaria Municipal da Saúde nesta quarta-feira (13), revelam ainda que o total de casos notificados desde o início da pandemia na cidade, que em 27 de março registrava os três primeiros óbitos, é de 5.270, sendo que deste número 2.420 casos foram descartados para coronavírus.

 

A taxa de ocupação dos leitos de UTI dos hospitais municipais caiu de 76,92% para 73,08%. Nos hospitais estaduais também houve uma pequena queda, de 100% para 97,50%, o que significa que um leito ficou vago. Logo, a taxa de ocupação dos leitos de alta complexidade baixou de 90,91% para 87,88% em Guarulhos, enquanto que a dos leitos clínicos subiu de 62,86% para 70%, reflexo também do aumento de pessoas internadas no Centro de Combate ao Coronavírus (3C-Gru), que passou de 25 para 31, sendo oito em UTI. No entanto, no local, também foram registradas três altas e dois óbitos, de mulheres de 62 e 67 anos, nesta quarta-feira.

 

Preocupada em evitar o colapso do sistema de saúde, já que há risco iminente de superlotar os leitos de UTI voltados para pacientes com Covid-19, a Prefeitura de Guarulhos, além de não incluir academias de ginásticas e salões de beleza entre os serviços essenciais, mantendo assim as regras contidas no decreto n° 36.843/20, estuda ainda a possibilidade de alugar leitos dos hospitais privados instalados na cidade, bem como a ampliação dos leitos dos hospitais municipais.