GCM prende homem por violência doméstica e descumprimento de medida protetiva no Jardim Angélica

0
405

 

A Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prendeu um homem na noite desta quinta-feira (4) acusado de violência doméstica e descumprimento de medida protetiva de urgência na rua Adriano dos Santos Cavalcanti, Jardim Angélica.

 

 

A vítima, uma mulher de 43 anos, já havia sido agredida pelo ex-companheiro no último dia 2. Ele utilizou uma garrafa de vidro quebrada e desferiu vários golpes na região do pescoço, peito e costas, causando sérias lesões e fugindo em seguida. Até ser capturado pela GCM o homem estava desaparecido.

 

Após receber atendimento médico, a mulher fez um boletim de ocorrência, ainda no dia 2, no 4° Distrito Policial (DP), onde a autoridade policial registrou os crimes de lesão corporal e violência doméstica. A Inspetora Darcy Maria, comandante da Patrulha Maria da Penha, ao tomar conhecimento da situação entrou em contato com a vítima e a orientou quanto ao programa de proteção da GCM.

 

Na noite desta quinta-feira o agressor retornou à residência da vítima, gritou e a ameaçou com uma faca. A mulher entrou em contato com a GCM por telefone; uma equipe se dirigiu ao local e flagrou o homem com a faca. Ambos foram apresentados à autoridade policial no 4° DP, com o agressor detido. Após oitivas, foi lavrado boletim de ocorrência por violência doméstica e descumprimento de medida protetiva de urgência. O autor ficou detido à disposição da Justiça.

 

Outro caso

 

A Patrulha Maria da Penha prendeu, nesta sexta-feira (5), um homem por descumprimento de medida protetiva de urgência na rua Monsenhor Paulo, no Taboão. Ele estava no interior da residência da vítima quando foi abordado pela equipe da GCM, que o encaminhou à Delegacia de Defesa da Mulher, na Vila Camargos, onde ficou detido.

 

Serviço

 

A Guarda Civil Municipal atua 24 horas por dia em casos de denúncias ou de flagrantes. As equipes podem ser chamadas pelo número 153.