GCM prende homem por ameaça, violência doméstica descumprimento de medida protetiva

0
65

 

A Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prendeu um homem por ameaça, violência doméstica e descumprimento de medida protetiva de urgência na noite desta segunda-feira (29), após flagrá-lo asfixiando a ex-companheira na rua São Miguel dos Campos, Vila Barros. Esta é a 51ª prisão do grupamento, desde 2018, de agressores que se aproximam de suas vítimas e quebram decisões judiciais protetivas.

 

 

A equipe foi acionada pela vítima por meio do aplicativo SOS Patrulha Mulher e chegou rapidamente à sua residência, sendo informada pela filha de que o agressor havia levado a mãe sob ameaças, mas que estavam a pé. Sendo assim, os agentes fizeram uma varredura pela região e detiveram o agressor no momento em que ele pressionava o pescoço da mulher. Após ser socorrida, ela informou ainda que com a chegada da GCM ele havia dispensado uma faca nas proximidades.

 

A faca foi encontrada e apresentada juntamente com os envolvidos à autoridade no 1º Distrito Policial, que realizou as oitivas e ratificou a prisão em flagrante do agressor pelos crimes consumados de ameaça, artigo 147 do Código Penal, e violência doméstica e descumprimento de medida protetiva de urgência, conforme previsto na lei 11.340/06. O acusado ficou detido e à disposição da Justiça.

 

SOS Patrulha Mulher

 

Esta é a quinta prisão efetuada por meio do SOS Patrulha Mulher desde janeiro deste ano. Trata-se de um aplicativo que conecta as denunciantes à Central 153, tornando-as prioridades no atendimento quando o mecanismo acionado dispara um alarme sonoro com os dados da mulher e a sua localização.