GCM interrompe eventos envolvendo mais de 2.600 pessoas no final de semana prolongado

0
99

 

Neste final de semana prolongado (entre 4 e 7 de setembro) a Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos teve bastante trabalho para inibir as aglomerações na cidade, amparada na legislação vigente que busca evitar a proliferação da covid-19. Ao todo foram 79 denúncias de aglomeração que envolveram mais de 2,6 mil pessoas nesse período.

 

 

O caso mais grave aconteceu na madrugada de domingo (5) em uma adega na Vila São Rafael, na rua Domingos de Abreu, onde o proprietário organizou um pagode na porta do estabelecimento e aglomerou mais de 600 pessoas. A GCM esteve no local, dispersou as pessoas e orientou o proprietário sobre não poder realizar atividades daquele tipo durante a pandemia.

 

As outras 74 ocorrências foram registradas no Jardim São João (14), Pimentas (8), Bonsucesso e Cabuçu (7 em cada local), Picanço (6), Vila Galvão, Centro e Taboão (5) Macedo (4), Cumbica e Vila Augusta (3), Cocaia e Jardim Paraventi (2) e Vila Rio de Janeiro, Torres Tibagi e Jardim Bom Clima (1).

 

De acordo com a corporação, todas as ligações foram feitas para o número 153. Os casos de aglomeração envolveram.