GCM de Guarulhos prende homem por cortar árvores com motosserra no Centro

0
389

 

O patrulhamento ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos prendeu um homem por crime contra o meio ambiente nesta quarta-feira (31), flagrado ao utilizar uma motosserra para cortar quatro troncos de árvores no terreno de uma clínica em reforma na rua Lucila, no Centro. A averiguação ocorreu após denúncias sobre o barulho do equipamento.

 

 

Ao lado do autor foram encontrados diversos tocos, raízes e folhas recém-cortadas. Sem Licença para Porte de Uso (LPU) para a motosserra e autorização da Prefeitura para o corte da madeira, o suspeito e um responsável pela clínica foram encaminhados à Delegacia de Investigações sobre Crimes contra o Meio Ambiente (Dicma).

 

A autoridade policial lavrou um auto de apreensão da motosserra e um boletim de ocorrência com base no artigo 48 da lei 9.605/98, que criminaliza por impedir ou dificultar a regeneração de florestas ou demais formas de vegetação, e no artigo 51, que define como crime o uso de motosserra sem licença ou registro da autoridade competente.

 

O autor irá responder administrativamente pelas ações. Vale ressaltar que o mesmo local recebeu a visita de fiscais da Secretaria de Meio Ambiente na segunda-feira (29), os quais já haviam emitido um auto de infração à clínica por ausência de autorização da municipalidade para o serviço contratado.