Flamengo sai na frente, mas cede empate contra Barretos

0
506

 

Debaixo de forte chuva na tarde desta quarta-feira, 25, e com um jogador a mais desde os 16 minutos do segundo tempo, o Flamengo apenas empatou em 1 a 1, contra o Barretos, no Estádio Antônio Soares de Oliveira. O jogo foi válido pela sétima rodada da Série A3 do Campeonato Paulista.

 

Com o resultado, o Corvo foi a 12 pontos e caiu para quarta colocação, provisoriamente. Votuporanguense, Sertãozinho, São José e Taubaté jogam às 20h e podem ultrapassar a equipe de Guarulhos na tabela. Os quatro times possuem nove pontos. Já o Barretos subiu para nona colocação, com dez pontos, e também pode ser ultrapassado pelos adversários.

 

flamengo-perde

 

Na próxima rodada a equipe do técnico Caco Espinoza enfrenta o São José FC, no Estádio Martins Junior, em São José. O jogo acontece no domingo, 1, às 16h. O Barretos joga contra o Cotia, no mesmo dia, às 15h, em Cotia.

 

Primeiro tempo morno, com Corvo na frente

 

O Flamengo ainda não apresentou um bom futebol na competição e a partida desta tarde também foi ruim para o Corvo. A equipe, que já entrou com a zaga reserva, sem Renato e Lucas Africco, machucados, perdeu o zagueiro Seixas, aos dez minutos de jogo. Ele se chocou na área, com Anderson Bil, sofreu um ferimento na cabeça e teve de deixar a partida. O volante Dawhan entrou em seu lugar. Fabiano foi deslocado para a zaga.

 

Aos 15 minutos, o Rubro-negro chegou bem no ataque. O camisa 10 Gustavo Henrique tabelou com Tuco, mas não foi bem na finalização.  O Touro do Vale respondeu logo em seguida com cabeçada de Igor Henrique.

 

Aos 34 minutos, Gustavo Henrique recebeu de Billy e, cara a cara com o goleiro William, chutou para fora. Três minutos depois, o Flamengo marcou gol, mas o árbitro anulou, marcando impedimento de Gustavo, após passe de Tuco.

 

Faltando quatro minutos para o término da primeira etapa, o Flamengo abriu o placar. O volante Fabinho cruzou para área, a bola sobrou para Gustavo Henrique, que chutou rasteiro no canto direito do goleiro e fez um bonito gol.

 

Mesmo com um a menos, Barretos domina segundo tempo

 

O Barretos começou o segundo tempo pressionando o Flamengo. Aos cinco minutos, o centro-avante Jacaré, do time do interior, marcou gol, que também foi bem anulado pelo juiz.

 

Depois de muita pressão, o Corvo teve um bom lance aos 14 minutos. Billy roubou a bola no ataque, tocou para o lateral-esquerdo Alex, que cruzou para área. Na sobra, Fabinho chutou e William fez uma ótima defesa.

 

Aos 16 minutos, o atacante do Barretos, Igor, chegou de sola em Gustavo Henrique e foi expulso.

 

Brayan, que entrou no lugar de Tuco marcou um gol, aos 19 minutos, que também foi bem anulado pelo árbitro da partida.

 

Daí pra frente só deu Barretos. Mesmo com um jogador a mais, o Flamengo não conseguia colocar a bola no chão e tomava pressão do adversário.

 

Aos 43 minutos, o goleiro Alonso, quee saia mal do gol em todas as bolas aéreas, fez boa defesa, em chute de Esquerdinha. No escanteio, o zagueiro Anderson Bill subiu mais alto do que toda a defesa flamenguista e marcou o gol de empate.

 

Revoltado, Alonso foi reclamar com o árbitro, de possível falta na jogada, empurrou o juiz e foi expulso. Como Caco Espinoza já havia feito as três alterações do jogo, o lateral-direito Guilherme Placca foi para o gol e, em duas defesas, impediu a virada do adversário.

 

Fonte: Folha Metropolitana