Exposição “Fêmeas Efêmeras”

0
425

 

Acontece desde o dia 27 de novembro, no CEU Bambi, a exposição “Fêmeas Efêmeras”, do artista plástico Ricardo Martins, que é formado em artes visuais pela Unifig e desde 2012 atua na rede de ensino como professor de artes.

A exposição faz parte da programação dos “16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra a Mulher”, que acontece no Brasil desde 2003 e, em Guarulhos, é organizado pela Coordenadoria de Políticas para as Mulheres.

 

Todas as peças trazem utensílios do dia a dia da mulher, como panelas, panos de prato e talheres. De acordo com o criador das obras, a intenção é justamente trazer esses itens domésticos para compor o cenário que traz à tona um ponto de vista machista, onde a mulher é alvo para o casamento, mas, após a união, se torna serviçal.

Além de promover o contato com a arte, a mostra permite a reflexão e questionamentos sobre a importância desse tema na sociedade. Em muitos casos, mulheres sofrem vários tipos de violência, mas não percebem que estão sendo vítimas, ou então se deixam dominar e se tornam submissas. “Fêmeas Efêmeras” permite essa identificação, além de trazer informações tanto para mulheres como para homens e crianças.

As esculturas de Ricardo Martins representam a mulher que não olha para si, a mulher que não se enxerga e não se deixa perceber. “Eu sempre fui muito atraído por esse tema, por essa questão de injustiça com a mulher, que vem desde tempos anteriores à Bíblia. Acredito que o principal motivo para tratar a mulher com inferioridade está relacionado à força física. Hoje, muita coisa mudou, mas ainda resgatamos coisas do passado, como o preconceito”, ressalta Martins.

 

Serviço

 

“Fêmeas Efêmeras” está em exposição no CEU Bambi, localizado na rua Benedito Thieso, s/nº, Pq. Residencial Bambi.

 

Para mais informações, ligue: 2408-5402