Espaços públicos são revitalizados com arte em pneus feito por voluntárias

0
2250

 

Segundo relatórios da Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos – Anip, de cada 100 pneus que são trocados no Brasil, 45 acabam nos postos de coleta por não terem mais condição de uso.

 

reciclagem-e-arte-com-pneus (1)
Criatividade e cor com pneus. Foto: Fabio Nunes Teixeira – PMG

 

Sabendo dos impactos nocivos gerados pela contaminação desses resíduos as gêmeas Benilde Gomes Batista e Berenice Gomes dos Santos, mais conhecidas como Bena e Berê, se propuseram, a partir do artesanato criativo, transformar os espaços públicos, por meio da reutilização de pneus usados.

 

Transformados em xícaras coloridas, cisnes e personagens de desenhos animados, a proposta vem ganhando admiradores e colaboradores com o objetivo de gerar uma consciência sustentável na cidade de Guarulhos.

 

reciclagem-e-arte-com-pneus (2)
Ateliê das artistas no CEU Paraíso. Foto: Fabio Nunes Teixeira – PMG

 

“Começamos esse projeto há quase dois anos com o objetivo de conscientizar as pessoas para o uso adequado dos materiais descartáveis. Nossa primeira ação foi em uma praça no Jardim Angélica, onde dispusemos diversas xícaras coloridas feitas com pneus usados. Como a repercussão foi positiva seguimos espalhando nossa arte em outras praças, beiras de córrego de espaços públicos da cidade”, conta Bena.

 

As gêmeas da borracha

 

“No grafite não tem aquele dupla, Os Gêmeos? Então, nós somos As Gêmeas da Borracha”, afirma Berê.

 

Unidas no DNA e no amor pela arte, Bena e Berê explicam que desenvolveram suas habilidades manuais por meio de vídeos na internet.

 

reciclagem-e-arte-com-pneus (3)
As gêmeas Bena e Berê. Foto: Fabio Nunes Teixeira – PMG

 

“Tudo o que envolve a reutilização de pneus aprendemos na internet fazendo pesquisas, tentando reproduzir modelos. Com o tempo fomos dominando o estilete e talhando peças autorais. No CEU Paraíso-Alvorada, onde nos reunimos na produção das peças, já fixamos seis obras. Agora o nosso foco está em um projeto de revitalização de 1 km no Parque Chico Mendes”, conta Berê.

 

Além da ambiental Bena explica que a atividade também se tornou uma fonte de renda para a dupla, que há 3 anos estão fora do mercado de trabalho.

 

“Além do cuidado com o meio-ambiente demonstramos para os participantes que a atividade também pode ser uma boa fonte de renda. Pra você ter uma ideia, o custo de uma peça gira em torno de R$ 25 reais. Quando a peça é mais simples podemos vendê-la por 70 reais. Já as mais elaboradas como as personagens de desenhos animados, costumam sair por R$ 100,00. Geralmente a xícara e o cisne são as peças mais procuradas”, esclarece.

 

reciclagem-e-arte-com-pneus (4)
Minion com pneus. Foto: Fabio Nunes Teixeira – PMG

 

Bena completa que o projeto está aberto a todos os interessados na transformação ambiental da cidade. “Nossa atividade é totalmente voluntária e todos podem participar. As peças são muito fáceis de fazer e estamos sempre ajudando os aprendizes no que precisarem. Quem não quiser participar, mas puder colaborar com as matérias primas também aceitamos doações. Tinta, mangueiras, garrafas pet, pneus usados serão muito bem-vindos. Estamos muito gratas pela oportunidade que recebemos da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer desse espaço aqui no CEU Paraíso-Alvorada. Daqui com certeza conquistaremos muitas oportunidades”, destaca.

 

reciclagem-e-arte-com-pneus (5)
Arte com pneus. Foto: Fabio Nunes Teixeira – PMG

 

Serviço

 

As Gêmeas da Borracha atuam voluntariamente no CEU Paraíso-Alvorada. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail  [email protected] ou pelo telefone 2484-3750.