Em unidades penitenciárias de Guarulhos, visitantes escondem drogas em carne e nas roupas

0
202

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no último sábado, 16 de junho, visitantes foram pegas tentando entrar substâncias características a maconha, cocaína e LSD na Penitenciária “Adriano Marrey”, de Guarulhos, e no Centro de Detenção Provisória (CDP) Guarulhos II. As unidades fazem parte da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro).

 

 

 

Ao passar um pote de carne no aparelho de revista Raio-X, os agentes detectaram a presença de invólucros em meio a comida. Ao checar o recipiente plástico foram constatadas substâncias semelhantes a maconha e cocaína, além de papel de seda.

 

 

Uma das mulheres foi pega com 50 micropontos característicos ao LSD e com material esverdeado, como maconha, ao passar pelo procedimento de revista mecânica, o scanner corporal. Os agentes verificaram nas imagens do aparelho uma anormalidade na região da barra de sua calça, e ao ser revistada manualmente os ilícitos foram encontrados.

 

 

As visitantes foram conduzidas ao 4° Distrito Policial de Guarulhos, onde foram autuadas em flagrante e foram lavrados Boletins de Ocorrência. Também foram instaurados os procedimentos administrativos padrão, para apuração das responsabilidades dos detentos envolvidos. Deve-se observar que visitas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente suspensas do rol de visita.