Descarte incorreto de agulhas fere dois coletores de lixo nesta semana

0
218

 

Apesar dos constantes alertas junto à população quanto à importância do descarte correto de materiais perfurocortantes, como lâminas, vidros e agulhas, a cidade registrou nesta semana mais duas ocorrências de acidentes de trabalho sofridos por coletores de lixo residencial.

 

 

Em um dos casos registrados nesta sexta-feira (26), na região do Pimentas, o coletor L.C. relata que “ao pegar o saco de lixo da residência sentiu uma espetada no dedo indicador da mão direita”. Após abertura do recipiente na presença dos colegas de equipe, confirmou-se que o ferimento foi causado por agulha de injeção.

 

Agulha utilizada em seringa de injeção também foi a causa do ferimento sofrido pelo coletor V.F.S., nesta terça-feira (23), quando, ao pegar um saco de lixo no muro de uma residência no Residencial Bambi, sentiu uma picada no antebraço esquerdo. Ambos os coletores foram levados ao hospital pelos fiscais da empresa prestadora do serviço e terão que fazer uso do coquetel de prevenção ao vírus da imunodeficiência humana (HIV), causador da aids.

 

Conforme explicado em campanha de conscientização realizada atualmente pela Prefeitura, agulhas utilizadas em seringas devem ser descartadas somente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Vidros e outros materiais que possam causar ferimentos podem ser descartados no lixo comum, desde que envolvidos por recipientes rígidos, como garrafas pet.

 

O secretário de Serviços Públicos, Edmilson Americano, comentou os casos. “Quando acontece esse tipo de acidente uma equipe do departamento de Limpeza Urbana vai até o local e orienta o morador sobre o descarte correto deste tipo de material, porém, é muito triste que tal descaso com a vida de outras pessoas ainda ocorra, apesar de toda a informação disponível atualmente”.