Delegado acusado de atirar em morador de rua

0
609

 

O Ministério Público apresentou na última terça denúncia por tentativa de homicídio contra o delegado que atirou em um morador de rua na Vila Galvão. A Promotoria pede também que ele permaneça preso até decisão da Justiça.

José Júlio Figueiredo Liza foi preso em flagrante na noite do dia 31 de julho por após atirar em mendigo, e permanece detido no presídio especial da Polícia Civil, segundo o Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas. A Corregedoria da Polícia Civil vai instaurar um processo administrativo contra o delegado, que pode ser demitido.

 

tiro-guarulhos

O crime aconteceu por volta das 22h do último dia do mês passado, uma quinta-feira, quando o morador de rua Celso Barbosa Pereira cantava e dançava na calçada, ao lado da sua companheira, enquanto procuravam um local para dormir.

O delegado, incomodado, foi até à varanda da residência e efetuou cinco disparos.

A vítima foi baleada no rosto sofreu uma perfuração de saída do projétil na região da nuca. Já José Júlio Figueiredo Liza voltou para dentro de casa, e nada fez para que o morador de rua fosse socorrido.

 

Fonte: Guarulhos Hoje