Comerciante recolhe lixo de lago em Guarulhos

0
1090

 

O comerciante Antonio Ferreira de Araújo, 60, morador do bairro Água Azul, decidiu recolher garrafas, sapatos, embalagens e latas lançados na água. Para o trabalho, construiu uma jangada de tubos de PVC e é sobre ela que faz a coleta, religiosamente, há cinco anos no lago em frente à própria casa.

 

“Se eu tivesse um barco, daria para fazer um serviço melhor. Com a jangada não dá para colocar muita coisa, porque cai pelos lados”, diz seo Antonio, que não sabe quantificar quanto lixo já tirou dali. “São pessoas da própria comunidade e turistas que vêm aqui brincar no lago aos fins de semana e jogam as coisas”, reclama.

Assunto: Balneário Agua Azul  Antonio Ferreira de Araujo Local: Balneário Agua Azul  Data: 02.07.2015 Foto: Fabio Nunes Teixeira

Foto: Fabio Nunes Teixeira

 

Vizinho ao lago, o Centro de Educação Ambiental (CEA) Água Azul, mantido pela Prefeitura de Guarulhos dentro do Balneário Água Azul, viu no morador um forte parceiro e inseriu uma atividade educativa com a comunidade: os moradores são convidados a ajudar a ensacar os resíduos.

 

“Com uma iniciativa simples, o seo Antonio mostra que a prática pode ser muito mais facilitada do que o discurso. É uma forma de os moradores valorizarem a própria comunidade”, aponta a coordenadora do CEA Água Azul, Kelly Cristina Fonseca de Almeida.

 

O trabalho ainda é longo para mudar hábitos, mas seo Antonio e os funcionários do CEA não desistem fácil. “Infelizmente, o ser humano está destruindo o próprio lugar onde vive. Mas, eu vou continuar limpando o lago. Ainda espero que o povo se conscientize”, diz esperançoso em ver o Lago Azul limpo e respeitado como patrimônio daquela região e de toda a cidade.

 

Fonte: Click Guarulhos