Com mais de 2 milhões de doses aplicadas, Guarulhos é a cidade não capital que mais vacinou contra a covid-19

0
116

 

Até as 12h desta terça-feira (9) a Prefeitura de Guarulhos havia administrado 2.003.932 doses de vacina contra a covid-19, sendo 1.048.937 da primeira aplicação, 850.525 da segunda, 67.087 da dose adicional e 37.383 da única. Com isso, Guarulhos é a cidade que mais vacinou contra a doença depois da capital paulista. Os dados são do Vacinômetro do Governo do Estado.

 

Foto: Fabio Nunes Teixeira/PMG

 

A população guarulhense elegível maior de 18 anos é de 1.020.581 pessoas, sendo que 86,4% está com o esquema vacinal completo, ou seja, com a primeira e a segunda dose ou com a dose única em dia. A meta da cobertura vacinal estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 90% do público-alvo, por isso a Secretaria da Saúde tem reforçado a importância dos guarulhenses se atentarem ao cartão de vacinação para não perderem a data da segunda dose, já que os intervalos das vacinas Pfizer e AstraZeneca foram antecipados e que, até o momento, a cidade registra 159.092 faltosos da segunda aplicação.

 

O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina Pfizer para maiores de 18 anos é o mesmo que o da Coronavac, 21 dias. Já o da AstraZeneca e o da Pfizer para adolescentes de 12 a 17 anos é de 56 dias. Portanto, todos os munícipes que receberam a primeira dose de Coronavac ou de Pfizer (18+) antes do dia 19 de outubro, e os que tomaram a primeira dose da AstraZeneca ou da Pfizer (12 a 17 anos) antes do dia 14 de setembro já podem se dirigir até a UBS mais próxima para completar o esquema vacinal.

 

O imunizante Coronavac só está disponível nas seguintes UBS: Tranquilidade, Flor da Montanha, Cecap, Ponte Grande, Palmira, Continental, Recreio São Jorge, Primavera, Cidade Martins, Jovaia, Haroldo Veloso, Marinópolis, Ponte Alta, Nova Bonsucesso, Marcos Freire, Piratininga, Jurema, Uirapuru e Cummins.

 

Para se vacinar basta apresentar cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de endereço. Além desses documentos, trabalhadores da saúde devem levar comprovante de vínculo empregatício na área da saúde (original e cópia), imunossuprimidos de alto grau devem apresentar documento (original e cópia) que comprove o grau e menores de 18 anos têm de levar o Termo de Assentimento disponível nos locais de vacinação ou em bit.ly/duvidasvacinagru, assinado pelos pais ou responsáveis.