Cirurgia de reconstituição da mama apresenta queda em Guarulhos

1
502

 

Na contramão dos índices nacionais e estaduais, o número de mulheres de Guarulhos que foram contempladas com a cirurgia de reconstituição das mamas após a mastectomia apresentou uma queda de 29% em um ano. Em 2013, foram 17 pacientes que passaram pelo procedimento. Já em 2014 o número caiu para 12.

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2013 foram realizadas cerca de 7,8 mil cirurgias reparadoras em todo o país foram. No ano seguinte, o número ultrapassou 9,1 mil procedimentos, um aumento percentual de 16%.

 

cancer-guarulhos

O Estado de São Paulo também seguiu a tendência nacional. Conforme dados da Secretaria da Saúde do Estado, em 2014, foram realizados 532 procedimentos. Já em 2013, o SUS realizou 515 cirurgias reparadores pós mastectomia. Uma ligeira alta de 3%.

 

Uma lei que existe há dois anos dá o direito da mulher sair da sala de operação já com a prótese mamária. Uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Mastologia aponta que apenas 10% das mulheres conseguem realizar o procedimento de reconstrução após a retirada da mama. Cerca de 20 mil pacientes aguardam na fila de espera por ano. A falta de médicos qualificados para realizar a cirurgia e o aumento de casos do câncer são as justificativas.

Em Guarulhos 185 mulheres foram diagnosticadas com neoplasia maligna de mama em 2013. No ano seguinte foram registrados 170 casos.

 

Fonte: Guarulhos Hoje