Casos de dengue apresentaram alta

0
798

 

Guarulhos fechou o ano de 2014 com 5.222 casos confirmados de dengue. O número representa uma alta de aproximadamente 98% em relação ao ano anterior, quando foram anotadas 2.635 ocorrências. De acordo com a Secretaria de Saúde, em 2015 ainda não foram registrados casos da doença.

A pasta informou que Ministério da Saúde destinou a cidade o montante de R$ 487.997,92 especificamente para as ações de prevenção da dengue e do chikungunya para 2015, quantia que será complementada com recursos da Vigilância em Saúde.

 

dengue-guarulhos

O investimento já começou a ser utilizado através de campanha de outdoors, faixas e banners nas ruas e UBS para informar e alertar a população sobre a prevenção das doenças.

Em relação à chikungunya, Guarulhos ainda não teve nenhum caso confirmado. A pasta destacou que em dezembro passado, uma missionária da África desembarcou já com a doença. Ela se tratou e retornou ao país de origem.
A Saúde informou que a novidade no combate ao mosquito transmissor das doenças, o Aedes aegypti, será a descentralização dos agentes de saúde do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). As equipes, que antes partiam do CCZ para realizar o serviço em toda a cidade, a partir deste ano ficarão lotadas nas Regiões de Saúde, para agilizar o trabalho.

 

Foram disponibilizados 900 agentes para realizarem os trabalhos que já foram iniciados nas localidades que apresentaram maiores índices da dengue no ano passado.

Primeiros bairros a receberem as ações em 2015

Vila Augusta, Jardim Maia, São Roque, Vila Barros, Cocaia, Vila Rio de Janeiro, Invernada, Bananal, Água Azul, Jardim São João, Lavras, Jardim Presidente Dutra, Bonsucesso, Água Chata, Itaim e Pimentas.

 

Fonte: Guarulhos Hoje