Canil da GCM dá apoio à ação da Polícia Civil

0
77

 

Na última quinta-feira (15) a Polícia Civil pediu o apoio da Inspetoria de Patrulhamento com Cães (Canil), da Guarda Civil Municipal (GCM), para encontrar um individuo de 23 anos que está foragido e sendo procurado pelo feminicídio de sua ex-companheira, de 24 anos, em abril deste ano.

 

 

O crime aconteceu num bar na favela do Jardim dos Morros. O sujeito também é acusado por diversos roubos na região e é considerado extremamente violento.

 

Policiais do 9° Distrito Policial tentavam prendê-lo na cidade de Santa Isabel, na última quinta, mas o individuo fugiu para a mata. Por isso, solicitaram o apoio do Canil.

 

Os guardas e cães da GCM foram até o local. A pastora belga Akira e a cadela bloodhound Dalila, com o apoio do pastor Cyrus, seguiram o rastro do foragido por cerca de 1 km em área de mata e posteriormente por mais 2 km na periferia da cidade até perder a pista. Há indícios de que o foragido tenha recebido ajuda para a fuga,tendo embarcado em um veículo não identificado.

 

Mantrailing

 

O treinamento que torna possível a busca por pessoas desaparecidas é chamado de mantrailing, que é uma modalidade de treinamento de faro para busca que parte do instinto de caça dos cães e de sua habilidade natural de trilhar, utilizando o odor característico de cada indivíduo a ser localizado.

 

Nos dias 10 e 11 deste mês a cidade promoveu um dos módulos de treinamento. O evento contou com simulação de uma pessoa desaparecida no aeroporto internacional, um local de grande movimentação e mistura de odores, e outra no Centro de Treinamento da Pires, no Pimentas, quando simularam a busca por uma pessoa com Alzheimer que teve um surto e desapareceu. Em ambos os casos, o cão teve que identificar a pessoa procurada por meio de seus pertences.

 

Serviço

 

A Central de Atendimento da Guarda Civil Municipal recebe chamados 24 horas por dia, ininterruptamente, pelos telefones 153 e 2475-9444.