Bienal do Livro atende autores de Guarulhos e amplia espaço para divulgação e vendas

0
80

 

Quem acompanha as redes sociais da 3ª Bienal Internacional do Livro de Guarulhos pode conferir a intensa participação dos autores independentes da cidade na programação do evento. Os escritores, que já marcam presença no Espaço Inter nesta sexta-feira (15), antecedendo a abertura oficial, às 19h, participam de palestras e bate-papos sobre suas obras no Auditório Verde nos quais fomentam o livro, a literatura e a produção literária na cidade.

 

Foto: Camila Rhodes/PMG

 

“Nesta edição atendemos a um pedido dos autores da cidade para que pudessem ocupar um espaço privilegiado, com grande circulação de pessoas, onde estarão em dias previamente agendados para receber os leitores, comercializar e autografar os livros”, explica Ana Paula Reis, coordenadora da Comissão de Curadoria do evento.

 

Ana Paula explica ainda que ao lado da bancada dos autores foi disponibilizada uma sala para que possam guardar seus pertences durante a permanência no evento e foi garantido um estande permanente para que possam vender seus livros, espaço coletivo cuja organização, manutenção, venda e recebimento de pagamentos é de responsabilidade dos próprios autores.

 

Outra facilidade oferecida aos autores de Guarulhos é a possibilidade de venda de suas obras com o uso do CrediLivro, crédito cedido aos servidores da municipalidade pela Secretaria de Educação para uso exclusivo na Bienal com o objetivo de ampliação de acervo, formação e incentivo à leitura.

 

Programação

 

A autora guarulhense Simone Rodrigues participa da série de encontros literários. No sábado (16), às 14h, ela apresenta Entre Mitos e Canções – Explorando os Enigmas de Filha de Circe, bate-papo no Auditório Verde no qual aborda seu processo de criação por meio da obra A Filha de Dirce, livro que a escritora lançará na Bienal.

 

“Essa é minha primeira Bienal e é uma honra participar. Dar voz às questões femininas, falar e escrever sobre mulheres é algo muito importante, porque sempre estivemos à margem da sociedade e é necessário mostrar como lidamos com nossos conflitos e superações”, conta a escritora. Além da palestra, Simone Rodrigues também faz sessão de autógrafos e conversa com leitores no espaço dos autores guarulhenses nos dias 16 e 17.

 

As escritoras Eliane Di Santi e Miriã Soares, da Quincas Editora, apresentam o bate-papo Os Desafios dos Autores de Literatura Infantil: Construindo Personagens e Viagens, no domingo (17), às 15h. Na segunda (18), o poeta cordelista Bosco Maciel, da Academia Guarulhense de Letras, participa do bate-papo Ariano Suassuna e o Mapa dos Tesouros Armoriais às 18h.

 

No dia 23, sábado, às 13h, a palestra do escritor e roteirista Eduardo Kasse, Viver de Escrita?, aborda a criação de conteúdo e o desenvolvimento profissional. “A palestra falará de como as pessoas precisam encontrar seu estilo, identidade e preferências para criar algo com a alma, e para isso parto de exemplos de minhas próprias vivências para mostrar como chegar aos leitores”, pontua Kasse.

 

Desde a última edição, em 2022, o número de autores da cidade com participação garantida na Bienal teve um aumento significativo de mais de 200%, passando de 30 em 2018 para 90 em 2022 e 2024, fruto de ações de incentivo à produção artística como o Prêmio João Ranali de Literatura, da Secretaria Municipal de Cultura, e as Leis Aldir Blanc e Paulo Gustavo, do governo federal. Além disso, a Secretaria de Educação é responsável por iniciativas de formação de leitores, como o programa Leia e o Abril Literário.

 

Tanto a participação dos autores guarulhenses quanto a programação geral estão disponíveis em https://portaleducacao.guarulhos.sp.gov.br/wp_site/portalbienal/2024/03/07/programacao-geral/.

 

A Bienal do Livro de Guarulhos é gratuita e acontece de 15 a 24 de março, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 10h às 20h no Espaço Inter, na avenida João Cavalari, 133, Vila Hermínia.