Atletas da terceira idade se preparam para o Jori 2017

0
634

 

Muita alegria, entusiasmo, amizade e qualidade de vida. Durante um treino divertido, no Nosso Clube Vila Galvão, os atletas e medalhistas das modalidades dominó e buraco demonstram que é possível envelhecer com muita alegria e qualidade de vida.

 

jori-2017 (1)
Benedita e Terezinha formam uma dupla vencedora. Foto: Márcio Lino / PMG

 

No núcleo de jogos de mesa, coordenado pela professora de Educação Física, Rosa Maria Napolitano, a promoção da saúde é realizada por meio de atividades orientadas, num ambiente de muita harmonia e afetividade.

 

A campeã de dominó Emília Meire Gomes Basílio, de 78 anos, explica que o que diferencia o aspecto recreativo do jogo são as regras estipuladas para cada campeonato.

 

“Durante o Jori (Jogos Regionais do Idoso) sempre tem um fiscal que embaralha as pedras e o jogo começa com a dupla que tem a pedra maior. Outra coisa importante no Jori, por exemplo, é que não pode roubar, ou seja, nem fazer sinal para o outro. É sempre muito bom participar. Em Itaquaquecetuba, no ano passado ganhamos em primeiro lugar!”, destaca emocionada.

jori-2017 (2)
Emília e Marluce são campeãs em dominó. Foto: Márcio Lino / PMG

 

A companheira de modalidade, Marluce da Cruz Martha completa que a maior incentivadora da dupla é a professora. “Se eu que tiver que dar nota mil ainda será pouco! A Rosa nos ajuda muito durante os treinos, eliminando as nossas dúvidas e nos protegendo quando estão tentando nos trapacear. Como meu marido Joaquim, que adora ‘comer gato’ no jogo“.

 

Buraco e tranca

 

“O buraco é uma modalidade muito gostosa”, conta a atleta Benedita Barbeli. “O objetivo do jogo é fazer o máximo de pontos que serão somados das cartas baixadas por cada dupla e das canastras (sequência de sete ou mais cartas de mesmo naipe). Ah, e existe a canastra limpa, sem curingas, que vale 200 pontos, e a suja, valendo 100 pontos”, explica.

 

jori-2017 (3)
O grande prêmio é a convivência entre amigos. Foto: Márcio Lino / PMG

 

Terezinha Roseli Vaz, parceria de competição desde 2010, conta que a afinidade entre ambas vem trazendo muitas alegrias e premiações. “Primeiro ganhamos o ouro em Caraguatatuba pelo JORI, o que nos classificou para os Jogos Estaduais do Idoso – JEI em Barretos, onde pegamos o 3º lugar. Sabe, quando você escuta o locutor chamando o nome da sua cidade é emoção demais! Agora estamos ansiosas para este ano. Quem sabe não conquistamos mais um troféu para a nossa cidade, né?!”.

 

Lições

 

A professora Rosa Maria, que orienta atletas na terceira idade desde 1990, conta que a atividade transformou a sua maneira de ser e de ver a vida.

 

“Comecei na Prefeitura no Cemmderoc, na área de reabilitação, mas a atuação com os atletas da terceira idade mudou muito a maneira de encarar a minha profissão e a minha vida. Antes me achavam brava, rígida, e fui percebendo que com eles o ritmo era diferente. Fui me tornando mais maleável. Acreditava que ensinar as técnicas durante a atividade era o mais importante e fui observando que o mais importante mesmo para este público é o convívio social, o tempo que a pessoa se prepara para reencontrar os seus amigos, por exemplo. Hoje eu já não sou mais dura com a vida!“.

 

jori-2017 (4)
Jogo de buraco aproximou as amigas. Foto: Márcio Lino / PMG

 

Para Benedita a motivação para o treino e a dedicação para a conquista das medalhas vem do apoio e da parceria com as amigas do Nosso Clube.

 

“A gente treina bastante, mas sempre trazemos um cafezinho, uns comes e bebes” destaca. “Muitos dos meus amigos eu conheci aqui no Núcleo, e para mim é uma benção fazer parte desta equipe. Aqui temos uma ótima estrutura para jogar, mesas adequadas, banheiro limpo, mas o mais importante são as amizades que fazemos. Estou muito feliz por estar aqui”, esclarece Benedita.

 

Serviço

 

O Núcleo de jogos de mesa para a terceira e maior idade fica no Nosso Clube Vila Galvão (rua Santo Antônio, nº 937 – Vila Rosália). As aulas são gratuitas e acontecem todas as terças, quintas e sextas-feiras das 14 às 17h.