Assembleia nesta quarta decide se condutores farão greve ou não em Guarulhos

0
260

 

O Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários de Guarulhos (Sincoverg), que representa 12 mil trabalhadores, convocou Assembleia da categoria para esta quarta-feira, 30, às 17h, em sua sede, na rua Jaiminho, Vila Progresso.

 

Essa assembleia visa discutir a campanha salarial dos motoristas e cobradores, pois maio é a data-base. Estava marcada para o dia 25, mas foi adiada em decorrência de um pedido, feito pela Secretaria de Transportes e Trânsito de Guarulhos (STT), de diálogo com o sindicato patronal, o Guaruset. Certamente, as manifestações dos caminhoneiros, que culminaram com a falta de combustíveis para a frota de ônibus, devem ter contribuído para a decisão sobre o adiamento.

 

“Essa convocação só existiu por conta de nossa categoria, aguerrida, que não fugiu da luta e mostrou que estamos unidos”, destaca a direção do Sindicato, em postagem no Facebook.

 

Não está descartada a deflagração de greve, a partir da Assembleia. No dia 18, os ônibus pararam de circular horas antes da realização da Assembleia. O Sincoverg comunicou com antecedência à STT

 

Contraproposta rasgada

 

Segundo informe da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL), na assembleia realizada no dia 18 de maio, mais de três mil trabalhadores aprovaram estado de greve e reprovaram por unanimidade a proposta patronal, que oferecia 1,5% de reajuste salarial e nos benefícios, aplicação da nova Lei trabalhista e fim da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). A reação dos participantes foi de repúdio à proposta e o presidente do Sincoverg, o vereador petista Maurício Brinquinho, acabou rasgando o papel enviado pelo Sindicato patronal.

 

A categoria reivindica 6% de reajuste salarial e nos benefícios, além da manutenção dos direitos conquistados na convenção coletiva em vigor.

 

Outro lado

 

A Assessoria de Imprensa que presta serviços à Guarupass (Associação das Empresas de Transporte de Passageiros de Guarulhos e Região) e ao Guaruset (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Guarulhos e Arujá). Segue a resposta da entidade patronal:

 

“O Guaruset – Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos e Metropolitanos de
Passageiros de Guarulhos e Arujá – reforça seu compromisso com as questões
envolvendo o transporte coletivo da cidade. A entidade informa que segue dialogando
com o Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de
Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias) a
fim de evitar quaisquer prejuízos à operação do sistema e aos usuários.”

 

Estamos questionando também a Assessoria de Imprensa da Prefeitura. Em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, o prefeito Guti afirmou que já conversou com representantes das empresas de ônibus e irá reunir-se com o vereador Mauricio Brinquinho (PT), presidente do Sincoverg logo mais, colocando-se como mediador do diálogo entre as partes, para evitar maiores transtornos à população, além dos já vividos por outras razões nos últimos dias.

 

ASSEMBLEIA

Dia: 30 de maio, quarta-feira às 17 horas
Local: Sede do SINCOVERG
Endereço: Rua Jaiminho, 215 – Centro

 

Fonte: Click Guarulhos