Assassino de Laisa é condenado a 26 anos de prisão

0
1148

O homem acusado de matar Laisa Correia Xavier, de 10 anos, foi julgado ontem e condenado a 26 anos de prisão, pelos crimes de homicídio duplamente culposo e ocultação de cadáver, com os agravantes de ter sido praticado contra criança e por reincidência. Reginaldo Tomaz Moura, de 31 anos, foi preso no dia 22 de janeiro deste ano, após ser preso em flagrante roubando e tentando estuprar uma mulher, e após a prisão assinou um documento confessando ter matado a jovem.

Após assinar a confissão do crime, Reginaldo Moura negou o crime, durante audiência no dia 4 de agosto e também no plenário durante o julgamento de ontem. Ele afirmou que foi torturado pela Polícia Civil para confessar a morte de Laisa, sendo ferido com chutes e choques elétricos. Na ocasião, disse também que poderia provar que não cometeu o assassinato.

 

laisa-guarulhos

“No seu depoimento, ele voltou a afirmar que foi forçado a confessar o crime, mas os argumentos não foram acolhidos. Esse homem ainda vai ficar um tempo preso, surgiram mais duas acusações de estupro contra ele, além de uma tentativa, cometida contra o próprio enteado, de apenas 9 anos”, contou o promotor de justiça Rodrigo Merli Antunes. A jovem Laisa Correia Xavier, de apenas 10 anos, desapareceu no dia 10 de outubro de 2013, após sair para fazer compras.

 

Fonte: Guarulhos Hoje