Aluguel do prédio da câmara não é pago desde abril

0
1215

 

O aluguel do prédio da Câmara Municipal de Guarulhos não vem sendo pago desde abril deste ano, quando foi feito um reajuste, cujo valor esta sendo discutido. Até o último mês que foi pago, o aluguel mensal da Câmara custava R$ 220 mil, passando para R$ 234 mil. Com isso, o valor não está sendo pago, mas as negociações estão em andamento.

 

camara-guarulhos

“Após o reajuste no valor, o aluguel foi suspenso,até que a gente chegue a um acordo. Os valores estão no caixa da Câmara, e assim que a negociação terminar, será pago”, afirmou o secretário de Finanças da Casa, Eldon Luiz Fiorin, que contou ainda que os alugueis do prédio da TV Câmara, das salas da ouvidoria e das controladorias de patrimônio e trânsito também são pagos pelo órgão.

 

Sobre o novo prédio,onde funcionava a fabrica Tapetes Lourdes, Fiorin disse que acredita que por muito tempo a Câmara não será transferida para lá, pois a reforma do local cabe ao Poder Executivo,que atualmente tem outras prioridades.

O orçamento da Câmara Municipal para o ano que vem é de pouco mais de R$ 101 milhões, mas a necessidade prevista é, pelo menos, 5,8% a mais, chegando a mais de R$ 107 milhões. A folha de pagamento da casa corresponde a quase 70% do total, enquanto os contratos com terceiros deve equivaler a 13,5% do total.

 

Além do valor dos alugueis,entra neste valor repassado a terceiros o software utilizado pela Câmara,que custa 2,880 milhões anuais; os veículos,que geram um gasto de R$ 1,117 milhão ao ano; R$ 720mil com combustível; R$ 660 mil com a limpeza do prédio, entre outros gastos.

 

Fonte: Guarulhos Hoje