Alckmin exclui Guarulhos de programa de combate à pobreza

0
897

 

O governador Geraldo Alckmin lançou nesta quarta-feira, 2,  o programa “Família Paulista”. Será a maior ação social multidimensional de combate à extrema pobreza já implementada no Estado com intervenções intersetoriais que envolvem Habitação, Educação Trabalho e Renda, Saúde, entre outras Redes das prefeituras. No Alto Tietê, seis cidades serão beneficiadas:

 

Municípios Beneficiários TOTAL
Arujá 1.582 R$ 2.444.444,00
Biritiba Mirim 1.485 R$ 2.303.570,00
Ferraz de Vasconcelos 1.367 R$ 2.140.814,00
Itaquaquecetuba 3.171 R$ 4.896.182,00
Mogi das Cruzes 4.500 R$ 6.957.600,00
Suzano 2.422 R$ 3.757.524,00
Total 14.527 R$ 22.500.134,00

 

Na primeira fase, o programa inicia com 27 municípios da região metropolitana do Estado que, de acordo com dados do IBGE e Fundação SEADE, concentra 57% da população em extrema pobreza no Estado. Dentre as escolhidas, a segunda maior cidade do Estado, Guarulhos, não foi incluída.

SP - ALCKMIN/FAPESP - POLÍTICA - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante cerimônia que marca o início das comemorações dos 50 anos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), no auditório da FAPESP, na região oeste da capital paulista, nesta segunda-feira. 23/05/2011 - Foto: EDSON LOPES JR/NEWS FREE/AE

 

O Estado de São Paulo possui 2,63% da sua população em situação de extrema pobreza, ou seja, 1,1 milhão de pessoas. Será que em Guarulhos não há famílias que se enquadrariam nessa condição?

 

Fonte: Click Guarulhos