Agentes apreendem ilícitos escondidos em comida e no corpo de visitantes das unidades penitenciárias de Guarulhos

0
141

 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no domingo (2),duas visitantes das unidades penitenciárias de Guarulhos, Centro de Detenção Provisória (CDP) “ASP Giovani Martins Rodrigues” e Penitenciária I “José Parada Neto”, unidades administradas pela Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Metropolitana de São Paulo (Coremetro), foram flagradas com porções de entorpecentes em meio a comida e introduzido em seu corpo.

 

 

No CDP Guarulhos I, a mulher passou pela revista no aparelho scanner corporal e os agentes de segurança perceberam uma anormalidade nas imagens. Ao ser questionada, a mesma afirmou que estava com o invólucro em seu ânus e o retirou, em local apropriado. Pelos agentes foi constatado que dentro do pacote continha substâncias de coloração verde e bege, semelhantes à maconha e à cocaína.

 

Na Penitenciária I “José Parada Neto”, também no domingo (2), a mãe levava ao filho um pote contendo linguiças. Em meio a comida foram encontradas duas porções de uma erva de cor esverdeada, semelhante à maconha. Ao ser questionada, a mulher afirmou que se tratava de droga conhecida como maconha e que se destinava ao seu filho. A visitante e os objetos foram apreendidos e encaminhados ao 4° Distrito Policial de Guarulhos, para registro de Boletim de Ocorrência.

 

Deve-se observar que visitas flagradas tentando adentrar com objetos ilícitos em unidades prisionais são automaticamente suspensas do rol de visita.