Construtora não entrega moradia

1
895

 

Aproximadamente 50 famílias que compraram um dos 300 apartamentos do Residencial Clube Brise, na Avenida Emílio Ribas, Vila Galvão, entraram com processo contra a MSM Construções por não ter entregado os imóveis, com data prevista para setembro de 2013 e com obras abandonadas em novembro do ano passado.

 

Com preços que variam de R$ 150 mil a R$ 300 mil, a construtora tinha colocado a venda 300 apartamentos divididos em duas torres, mas não terminou nenhum.

 

condominio-guarulhos

Frustração- Realidade da casa própria fica cada vez mais distante de compradores dos apartamentos da MSM (Foto: Silvio Cesar)

 

Cansados de esperar pelo imóvel, alguns dos compradores entraram na Justiça para pedir que uma providência seja tomada contra os responsáveis.

 

“A gente comprou antes de casar, em 2013, e naquela época não tinha nenhuma reclamação. Quando chegou em 2014 a situação piorou e eles sempre falavam que iam entregar, mas nunca terminavam a obra”, disse Natália Justo. Ela e o marido, Nederson Rodrigues Martins, são uma das 50 famílias prejudicadas.

 

Eles disseram que a construtora alega não ter mais os recursos necessários para concluir a obra por conta de um terreno adquirido em São Paulo que foi embargado pela Justiça.

 

A reportagem procurou um representante da empresa para saber o motivo da paralisação da obra, mas ele estava em “reunião externa” e não “pôde” atender.

 

Fonte: Folha Metropolitana