Comércios sofrem invasões

0
379

 

Comerciantes da Rua Luiz Faccini (Região Centro) continuam sendo vítimas de constantes invasões aos seus comércios. O problema é noticiado pela Folha Metropolitana desde 2013, quando na ocasião somente um restaurante havia sido invadido dez vezes em nove meses.

 

O delegado assistente do 1º DP, Fulvio Mecca, afirmou que as portas da delegacia “estão abertas” para que os comerciantes se reúnam com a polícia para debater o problema.

 

centro-guarulhos-comercio

 

A reportagem esteve na segunda-feira, 9, na via e verificou que somente uma loja de roupas femininas foi invadida quatro vezes neste ano. O caso mais recente ocorreu entre a madrugada de sábado, 7, e domingo, 8. Segundo a vendedora Telma Gomes, os suspeitos seriam usuários de droga que costumam andar pela via. “Eles até sabem como funciona o sistema de alarme. Depois que disparam o dispositivo, esperam a seguradora vir ao local. Depois disso é que invadem a loja.”

 

O empresário Juliano Veiga mantém uma agência de empregos a poucos metros da loja de roupas. Ele disponibilizou imagens do circuito interno de câmeras de seu estabelecimento (veja no quadro acima), que foi invadido duas vezes, na noite de 28 de janeiro, por criminosos diferentes. “As invasões só acabaram depois que investi no reforço da segurança em minha agência”, disse. Tanto ele como Telma afirmaram que “não há” policiamento na rua no período noturno.

 

Fonte: Folha Metropolitana