A cada 17 horas 1 mulher é vítima de violência em Guarulhos

0
717

Uma mulher é vítima de violência a cada 17 horas na cidade. O caso mais recente aconteceu nesta quinta-feira (7), quando uma balconista de padaria foi mantida em cárcere privado pelo seu ex-marido Rodrigo Groggia em sua própria casa no jardim Paraíso, região do Taboão.

violencia-mulher-em-guarulhos

Segundo a PM, foram três dias de torturas e agressões, até que no domingo (10) a mãe da vítima foi até o local, flagrou o ocorrido e chamou a polícia. O crime foi motivado por ciúmes, pois o acusado teria desconfiado que a vítima estivesse tendo relações com seu patrão, que também sofreu agressões no local.

A Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Saúde, informou que 271 mulheres, de todas as idades, sofreram algum tipo de violência, seja ela sexual, física ou psicológica. Em 2015 a cidade contabilizou 832 casos. Já a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP) mostrou os números de toda a Região Metropolitana; foram 733 só no mês de maio, incluindo dois homicídios dolosos (quando há intenção de matar). Em todo o estado já foram registrados 22.730 casos em 2016.

Estupro

Guarulhos registra o maior número de casos de estupros da Grande SP neste ano. Segundo a SSP, de janeiro até maio, 112 estupros aconteceram na cidade, o que significa uma média de pouco mais de um caso a cada 32 horas. Já no Estado de São Paulo o número chegou a 3.925 ocorrências.

Reportagem: Gustavo Druzian

Fonte: Guarulhos Hoje