Apenas 4 casos de leptospirose foram confirmados este ano

0
600

 

Mesmo com Guarulhos tendo registrado 54 pontos de alagamento desde o início do ano, a Secretaria de Saúde da cidade contabilizou até o último dia 18, quatro casos confirmados de leptospirose, que é uma doença causada por bactérias e transmitida pelo contato acidental de humanos com a urina de roedores urbanos infectados. O número é menor que o do mesmo período de 2014, quando foram cinco registros.

 

leptospirose-guarulhos

Já o número de notificações de possíveis situações de risco em 2015 é maior do que no ano passado, com 15 contra dez. Os sintomas da doença são febre, cefaleia e mialgia, e quem apresenta-los e tiverem se exposto a situações de risco nos últimos 30 dias, enchentes, alagamentos, contato com esgotos, lixo, entre outros, devem procurar o serviço de saúde.

Os sintomas, geralmente, surgem entre cinco e 14 dias do contato, mas a doença pode demorar até 30 dias para se manifestar. Na fase inicial o paciente apresenta febre aguda, dores de cabeça e no corpo, além de olhos amarelados e urina escura. Porém quando o diagnóstico e o início do tratamento não são feitos rapidamente, a doença traz outras complicações, como icterícia (pele amarelada) e hemorragias no intestino, nos pulmões, no estômago e nas mucosas.

 

Todos os casos de leptospirose registrados em Guarulhos são atendidos no próprio município.

 

Fonte: Guarulhos Hoje